João Gilberto

JOÃO GILBERTO DO PRADO PEREIRA DE OLIVEIRA nasceu no dia dez de junho de 1931, na cidade de Juazeiro, Bahia. Morreu no dia seis de julho de 2019, na cidade do Rio de Janeiro. Começou a carreira como cantor em casas noturnas de Salvador. Foi para o Rio de Janeiro em 1949, onde se tornou vocalista do conjunto Garotos da Lua e passou a se apresentar na Boate Plaza, reduto de músicos inovadores. Depois de deixar o conjunto, foi contratado pela CBS Records como violonista para fazer acompanhamento de gravações. Participou, em 1958, das faixas “Chega de Saudade” e “Outra Vez”, do disco “Canção do Amor Demais”, da cantora Elizeth Cardoso. Nessas canções, introduziu a harmonização e a batida no violão, características da Bossa Nova.

No mesmo ano, gravou “Chega de Saudade”, música em que mostrou o seu estilo intimista de cantar, seguida da “Desafinado”, música considerada clássica por responder à crítica mais comum feita a ele, num descontraído tom de paquera, típico dos bares cariocas nos quais a Bossa Nova nasceu. Em 1959, lançou seu primeiro disco long play. Em 1962, participou do Festival de Bossa Nova no Canegie Hall, em Nova York, ganhando prestígio internacional. Dois anos depois, lançou o disco “Getz/Gilberto”, gravado com o celebrado Stan Getz. O disco lhe rendeu seis prêmios Grammy, a maior láurea da indústria fonográfica americana. Lançou em 1994 o disco “Eu Sei Que Vou Te Amar” e, em 2000, “João, a Voz e o Violão”. Frequentemente, era convidado para apresentações na Europa e no Japão.

joaogilberto in2


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados