wandoreis in1O cantor Wando Reis morreu na quarta-feira (08/02/2012), aos 66 anos, em decorrência de infarto seguido de uma parada cardíaca. Segundo o Hospital Biocor, de Nova Lima, Minas Gerais, houve um súbito agravamento do estado do cantor por volta das 5h40 da manhã daquele dia. Ele morreu às 8 horas na presença da mulher, Renata Costa Lana e Souza.


De acordo com o histórico,
Wando  procurou seu médico particular no dia 23 de janeiro, queixando-se de dores no peito e queimação do estômago. Realizou exames, que apresentaram “resultados preocupantes”. Foi aconselhado, então, a procurar o hospital para mais exames. No dia 27, um cateterismo (exame para diagnosticar obstrução de veias ou artérias) constatou entupimento de múltiplas artérias. Ao ser preparado para uma cirurgia de ponte de safena, ele teve um princípio de infarto e foi submetido às pressas a uma angioplastia coronariana em três artérias importantes.


Na quinta-feira (2/02/2012), foi submetido a uma traqueostomia para, segundo sua assessoria, proteger as cordas vocais. No procedimento, um respirador foi conectado à traqueia do cantor para permitir a passagem de ar. Na sexta-feira (3/02/2012), os médicos que tratavam o cantor afirmaram que ele ainda enfrentava um considerável risco de morte, mas ressaltaram que esse risco vinha diminuindo gradualmente. Entretanto, sobreveio o seu falecimento no dia 08/02/2012.


linha-gif


WANDERLEY ALVES DOS REIS — WANDO — nasceu no dia 2 de outubro de 1945, na cidade de Cajuri, Minas Gerais.

 

O apelido “Wando” foi dado pela avó. Ainda pequeno, mudou-se de sua terra natal para Juiz de Fora, onde se formou em violão erudito e começou a lidar com música em 1965. Nessa época, já participava de conjuntos e se apresentava em bailes da região. Mais tarde, mudou-se para Volta Redonda, Rio de Janeiro, onde trabalhou como motorista de caminhão e feirante. A carreira profissional começou em 1969, mas o sucesso popular veio a partir de 1973.


Sua principal canção — Fogo e Paixão —, do álbum O Mundo Romântico de Wando, lançado em 1988, alcançou grande repercussão nacional, alçando-o ao topo da indústria fonográfica do país. Seu último disco — Fêmeas — foi lançado em 2001. Celebrizou-se também por distribuir, em seus shows, calcinhas para as suas fãs.

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados