francois-mansart in1François Mansart
linha-gif

Nasceu no dia 13 de janeiro de 1598 e morreu no dia 23 de setembro de 1666, na cidade de Paris.

Era sobrinho de Germain Gautier, arquiteto do rei e filho de um mestre carpinteiro. Foi um dos criadores da arquitetura clássica francesa. Discípulo de Salomon de Brosse, manifestou, desde o início, o seu talento na construção de edifícios religiosos, como a Igreja da Visitação de Santo Antônio, e projetos particulares, como o Hotel de La Vrillière, que, posteriormente, serviu de sede para o Banco da França. Alguns autores consideram sua obra-prima deste primeiro período o Castelo de Balleroy, cuja construção começou por volta de 1626.

Em 1635, foi incumbido da reconstrução do Castelo de Blois, trabalho que ficou inacabado. Entre 1642 e 1648, construiu o Castelo Maison-sur-Seine, que posteriormente passou a chamar-se Maisons-Laffitte. Em 1645, foi francois-mansart igrejaescalado por Ana da Áustria para construir a Igreja de Val-de-Grâce, em Paris. No ano seguinte, foi substituído na tarefa por Jacques Lemercier, mas o plano e grande parte dos muros permaneceram de acordo com a orientação original, inclusive as coberturas quebradas, que ficaram conhecidas como “mansardas” (janelas dispostas sobre o telhado de um edifício para iluminar e ventilar seu desvão e, por extensão, o próprio desvão, que pode ser usado como mais um cômodo de uma casa).

Era um artista que procurava a perfeição. Segundo os estudiosos, fazia demolir e refazer várias vezes partes das construções para chegar ao ponto desejado. Toda a sua obra objetivava clássicos de clareza e contenção. Empregava os cânones clássicos com grande flexibilidade, aliando-os a uma genuína sensibilidade para a decoração. Influenciou outros grandes arquitetos, como André Le Nôtre, que começou os primeiros passos em seu estúdio.

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados