Imprimir
Categoria: Pintores
Acessos: 1003

gerald-ter-borch ft1Gerald Ter Borch

Nasceu em dia e mês incertos do ano de 1617, na cidade de Zwolle, Província de Overijssel. Morreu no dia 08 de dezembro de 1681, na cidade de Deventer. Inicialmente, foi aluno do pai, Gerald Ter Borch, “o velho”. Depois, passou a ter aulas com o Pieter Molijn, na cidade de Haarlem. Após haver passado algum tempo na Inglaterra e na Itália, estabeleceu-se na cidade de Amsterdam, onde começou a se interessar por cenas da vida popular. Posteriormente, iria se tornar um mestre na reprodução de vestimentas de seda e de cetim, colocadas sobre delicados fundos cinzentos como se as imagens saíssem de um sonho.

Seus retratos são considerados entre os melhores da época. Sua técnica de pintura, extremamente refinada, exigia-lhe grande soma de trabalho, aliada a muita paciência. Entre as suas criações, destacam-se as obras “Jogadores de Cartas”, “O Despacho”, “A Lição de Leitura” e, em pequeno formato, “A Paz de Münster”. Seus trabalhos são considerados raros. Os especialistas catalogaram cerca de oitenta. Seis delas estão no Museu de São Petersburgo, Rússia, seis no Museu de Berlim, Alemanha, cinco no Museu do Louvre, em Paris, França, quatro no Museu de Dresden, Alemanha, três no Getty Center, em Los Angeles, Estados Unidos, e dois no Wallace Collection, em Londres, Inglaterra.


Conterrâneos Ilustres
Beau Hesling (modelo)
Chantal Aarts (modelo)
Dewi Driegen (modelo)
Hendrik Berlage (arquiteto)
Ifke Sturm (modelo)