fishing netVan Gogh & Milhões

04/06/2018 — Uma paisagem do Vincent Van Gogh, um dos pintores mais procurados do mundo, foi vendida por 7,07 milhões de euros (R$ 30,8 milhões) num leilão em Paris. Pintada em 1882, a obra “Fishing Net Menders in the Dunes” retrata camponesas trabalhando numa terra, sob um céu nublado, teve como inspiração os campos em torno da cidade de Haia, Holanda, onde o artista passou um breve, porém produtivo período. A pintura, a primeira do Van Gogh a ser leiloada na França em mais de vinte anos, havia sido estimada entre três e cinco milhões de euros. O quadro foi adquirido por um comprador dos Estados Unidos. Embora alto, o preço não chega perto do recorde dos US$ 450,3 milhões pagos, em 2017, pela obra “Salvator Mundi”, do Leonardo da Vinci.

van-gogh2Van Gogh
VINCENT WILLEN VAN GOGH nasceu no dia 30 de março de 1853, na cidade de Groot-Zundert, Holanda. Morreu no dia 29 de julho de 1890, na cidade de Auvers-sur-Oise, França. Estudou sem muito empenho até os 16 anos, quando ingressou como vendedor de quadros numa loja de Haia. Depois foi para Londres, Inglaterra, e, mais tarde, para Paris, França, onde passou a se atormentar por problemas religiosos. Em 1876, voltou para a Inglaterra, após ser demitido por conflitos com a clientela e com a direção da galeria em que trabalhava. Tentou, sem êxito, a carreira de professor primário. Em 1877, estava novamente na Holanda, trabalhando numa livraria de Dordbrechet. Em seguida, foi para Amsterdã, onde começou a estudar teologia. Mas devido a disputas com as autoridades eclesiásticas, abandonou o curso.

van-gogh ponte1O pai conseguiu para ele uma licença para a missão de pregador junto aos mineiros pobres. Passou a ensinar as crianças, cuidou dos doentes, distribuiu tudo o que possuía, sacrificou a saúde. No entanto, o seu zelo excessivo acabou causando a desconfiança entre os mineiros e a indisposição no consistório, que o acusou de interpretar a doutrina cristã de modo demasiadamente literal. Destituído em 1879, passou por um período de vagabundagem. Sem fé e na miséria, passou a acreditar numa nova missão: a de trazer consolo ao homem através da arte. De 1873 a 1875, dedicou-se à aquisição de habilidade técnica, buscando novos meios de expressão e corrigindo falhas. Na capital, tomou por modelo uma jovem alcoólatra, que apareceu em seus desenhos como símbolo da tristeza.

van-gogh casa1Daí, passou a silhuetas de trabalhadores. Surpreendeu os parentes pelo ardor com que se dedicava à nova atividade. A partir de 1885, passou pelas cidades de Antuérpia (Bélgica), Paris e Arles (França). Nesse período, pintou, em quinze meses, cerca de duzentos quadros. Seus desenhos surpreenderam pelos traços incisivos e concisos. Seus quadros chamaram a atenção pelas cores vibrantes. Desejou formar em Paris uma comunidade de pintores impressionistas. Entretanto, apenas Paul Gauguin se juntou a ele. A relação dos dois se deteriorou. Quando o companheiro foi embora, mutilou-se, cortando uma orelha. Depois que saiu do hospital, pintou dois autorretratos com a orelha cortada. Nessa época, sofria também alucinações. Precisou internar-se novamente. Em 1890, partiu de novo para Paris.

van-gogh girassois1Em suas obras, lutou pelo respeito ao aspecto exterior de uma figura ou paisagem, mas não conteve seus próprios sentimentos, expresso em vívidas simplificações formais e um intenso e quase arbitrário uso da cor. Assim, sua concepção anunciava o expressionismo. Seu procedimento não era calculado. Instintivamente, trabalhava com muita rapidez e intensidade, empenhado em captar um estado de espírito ou um efeito enquanto possuído por ele. Segundo os críticos, ele emancipou a cor, conferindo-lhe valor expressivo. Por extravasar os sentimentos, pode ser visto como o primeiro dos expressionistas. Por estender as possibilidades do cromatismo, pode ser considerado o pai do fauvismo. Entre os seus quadros mais importantes, destacam-se: “A Ponte Debaixo da Chuva” (1887), “A Casa Amarela” (1888), “Os Girassóis” (1889) e “A Arlesiana” (1890).

van-gogh1Cenas Outonais No Alyscamps
06/05/2015 — A pintura “L'Allée des Alyscamps”, de Vincent Van Gogh (1853-1890), foi vendida por mais de 66 milhões de dólares (ou mais de 200 milhões de reais). É o preço mais alto pago por uma tela do holandês desde 1998, de acordo com a casa de leilões Sotheby's, de Nova York. Em novembro daquele ano, o “Auto-Retrato Sem Barba” do artista foi arrematado por 71,5 milhões de dólares. A estimativa para o quadro era bem mais modesta do que o resultado alcançado: de 40 milhões de dólares. A tela foi adquirida por um colecionador asiático após uma intensa disputa entre cinco potenciais compradores. O recorde para um Van Gogh ainda é de “Portrait of Dr. Gachet”, de 1890, vendido em 1990 por 82,5 milhões de dólares.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados