20180617 stuttgart1Federer Vs. Raonic

17/06/2018 — O tenista Roger Federer, de volta ao circuito após quase três meses de ausência, não apenas garantiu o retorno ao posto de número 1 no ranking mundial, como também saiu do ATP 250 de Stuttgart com o título, vencendo o canadense Milos Raonic na final por dois sets a zero. Além do troféu, o “rei dos Alpes” ganhou uma Mercedes novinha e um cheque de mais de 700 mil euros (cerca de três milhões de reais). No total, na carreira, até agora, são 98 títulos. Ele poderá se tornar o segundo da Era Aberta a alcançar, no Torneio de Wimbledon, entre 2 e 15 de julho, a marca dos 100 títulos, recorde pertencente ao norte-americano Jimmy Connors. Antes, vai jogar o ATP 500 de Halle, cidade da Alemanha. No ranking mundial está com 8.920 pontos, à frente do Rafael Nadal (8.770).

20180218 roterdaFederer Vs. Dimitrov
18/02/2018 — O suíço Roger Federer adicionou mais um título à sua vitoriosa carreira no tênis. Após ser confirmado como o novo número um do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais,  venceu o russo Grigor Dimitrov na final do ATP de Roterdã, com um duplo 6/2. Esse foi o segundo título do ano. Como se recorda, o “rei dos alpes” faturou o Aberto da Austrália no dia 28 de janeiro. Na carreira, soma 97 títulos, sendo 19 de Grand Slam (Austrália, Roland Garros, US Open e Wimbledon). Além do título de Roterdã, o Federer adicionou também mais 401,6 mil euros (cerca de R$ 1,6 milhão) à sua conta bancária. No total, na carreira, em termos de dinheiro, estima-se que o suíço já tenha faturado mais de US$ 115 milhões (cerca de R$ 371 milhões).

ROGER FEDERER nasceu no dia 8 de agosto de 1981, na cidade de Basileia, a terceira maior da Suíça. Começou a jogar tênis com oito anos de idade. Ganhou o seu primeiro torneio profissional em 2001, na cidade de Milão, Itália, vencendo, na final, o francês JulienBoutter por três sets a zero. Alcançou o primeiro lugar no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais pela primeira vez em fevereiro de 2004. É considerado o maior tenista do seu país em todos os tempos. Ao longo da carreira, 96 títulos, dentre os quais 20 Grand Slams: oito Wimbledons, cinco US Opens, seis Abertos da Austrália e um Roland Garros. É considerado por muitos especialistas como o melhor tenista de todos os tempos, principalmente pela técnica demonstrada nas quadras. Seu principal adversário na carreira é o espanhol Rafael Nadal, contra o qual ganhou três finais de Grand Slam: Wimbledon em 2006 e 2007 e Austrália Open em 2017.

Títulos de Grand Slam
2003  WIMBLEDON  contra o Mark Philippoussis
2004  AUSTRÁLIA  contra o Marat Safin
2004  US OPEN  contra o Lleyton Hewitt
2004  WIMBLEDON  contra o Andy Roddick
2005  US OPEN  contra o Andre Agassi
2005  WIMBLEDON  contra o Andy Roddick
2006  AUSTRÁLIA  contra o Marcos Baghdatis
2006  WIMBLEDON  contra o Rafael Nadal
2006  US OPEN  contra o Andy Roddick
2007  AUSTRÁLIA  contra o Fernando González
2007  WIMBLEDON  contra o Rafael Nadal
2007  US OPEN  contra o Novak Djokovic
2008  US OPEN  contra o Andy Murray
2009  WIMBLEDON  contra o Andy Roddick
2009  ROLAND GARROS  contra o Robin Söderling
2010  AUSTRÁLIA  contra o Mardy Fish
2012  WIMBLEDON  contra o Andy Murray
2017  AUSTRÁLIA  contra o Rafael Nadal
2017  WIMBLEDON  contra o Maric Cilic
2018  AUSTRÁLIA  contra o Maric Cilic
2018  ROTERDÃ contra o Grigor Dimitrov
2018  STUTTGART contra o Milos Raonic


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados