pecado cosmico1Produção

28/12/2020 — O Bruce Willis, um dos atores mais requisitados do cinema americano em todos os tempos, terminou cinco filmes em 2020. Um deles é o “Cerco Americano”. Na trama de ação, bem ao estilo que o consagrou, o ator interpreta um ex-oficial da polícia de Nova York que virou xerife duma pequena cidade rural da Geórgia. Nesse novo trabalho, o xerife Ben Watts tem de lidar com um bando de ladrões que fez um médico rico como refém. Os outros são a ação de ficção científica “Pecado Cósmico” e os suspenses “Fora da Morte”, o suspense “Meia-Noite no Switchgrass” e “Apex”. Além disso, começou a filmar a ação “Reator”. A trama aborda a ação de mercenários que tomam posse de uma usina nuclear. Também foi anunciado para o sexto exemplar da série “Duro de Matar”.

duro de matar1Bruce Willis
WALTER BRUCE WILLIS nasceu no dia 19 de março de 1955 na cidade de Idar-Oberstein, Estado da Renânia, Alemanha. Filho de um soldado das tropas de ocupação americanas na Alemanha após o término da Segunda Guerra Mundial, tem dupla cidadania. Foi para os Estados Unidos logo após o nascimento. Embora gago de nascença, destacou-se nas escolas em que estudou pelo jeito peculiar de fazer graça. Assim, com o objetivo de perseguir a carreira de ator, matriculou-se em cursos de interpretação. Em 1980 fez participação não creditada no filme “O Primeiro Pecado Mortal”. Mas foi dois anos depois que começou a chamar a atenção ao fazer um papel também não creditado no drama “O Veredicto”, cujo protagonista era o Paul Newman.

Depois de outras pequenas aparições, cacifou-se em 1985 para o protagonista da série “A Gata e o Rato”. Ganhou fama mundial com os 66 episódios realizados. Pelo desempenho na série ganhou o Globo de Ouro de melhor ator de série de comédia em 1986. Essa fama se cristalizou em 1988 com a ação “Duro de Matar”, na qual interpreta o John McClaine, um policial durão que precisa salvar a esposa e outros reféns de terroristas alemães numa festa de natal em Los Angeles. O filme ficou em cartaz por cerca de dois meses. Faturou na bilheteria mundial US$ 240,2 milhões. Esse estrondoso sucesso garantiu continuações em 1990, 1995, 2007 e 2013. Tornou-se, assim, com essa série de filmes, num dos maiores campeões de bilheteria do cinema americano em todos os tempos. Até 2020 registra 130 créditos como ator.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados