g-pires babi2Segredos De Justiça

10/10/2016 — A TV Globo estreou a minissérie “Segredos de Justiça”, dentro do horário do ”Fantástico". Trata-se de uma trama em cinco episódios, protagonizada pela Glória Pires. É baseada no livro “A Vida Não É Justa”, da juíza da vara de família Andrea Pachá. A cada episódio, uma história de casos nos quais ela funcionou como magistrada. No programa, a renomada atriz carioca interpretará a juíza, enquanto os atores reconstituirão, em participações especiais, os casos. No episódio de estreia, foi abordado o caso de um pai biológico que abandonou o filho e depois voltou, com o apoio da esposa, para reaver a paternidade, conferida a um tercero. Os atores coadjuvantes da trama foram a Natália Lage, o Igor Angelkorte e o Marcelo Mello Jr.

Babilônia
26/02/2015 — Um dos muitos pecados a serem cometidos pela Glória Pires — a vilã da da novela das nove, “Babilônia” —, será a luxúria. Ela será uma das três protagonistas da trama (além dela, estão Adriana Esteves e Camila Pitanga). Na história, ela é Beatriz, uma bela mulher que usa a sensualidade para conseguir o que quer do noivo, o construtor Evandro (Cássio Gabus Mendes). Paralelamente, gosta de se divertir com jovens bonitões, o que quase a levará à ruína no começo da história, ambientada em 2005. Linda e luminosa no alto dos seus 51 anos, Glória Pires entra na sua 25.ª novela.  Seu último trabalho foi em “A Guerra dos Sexos” (2012-2013). ATUALIZAÇÃO: A novela terminou em 28/08/2015. Dentre os mortos e os feridos — já que a trama sofreu críticas severas do público —, salvou-se a personagem da Glória, que defendeu o seu estandarte com unhas e dentes.

g-pires babi1Glória Pires

GLÓRIA MARIA CLÁUDIA PIRES DE MORAIS nasceu no dia 23 de agosto de 1963, na cidade do Rio de Janeiro. Estreou na televisão com apenas cinco anos, na novela “A Pequena Órfã”, exibida pela extinta TV Excelsior entre 1968 e 1969. Na década de 1970, participou de diversos programas da linha de shows da TV Globo. Seu primeiro papel marcante em novelas aconteceu em “Dancin´ Days”, de 1978, quando interpretou a mimada Marisa. Seu desempenho lhe valeu o convite para ser a protagonista da novela “Cabocla”, exibida em 1979. Até 2014 já tinha participado de 24 novelas e 15 filmes. Dentre os vários prêmios que ganhou estão os da Associação Paulistas de Críticos de Arte nos anos de 1988 (“Vale Tudo”), 1991 (“O Dono do Mundo”) e 1993 (“Mulheres de Areia”). Também ganhou o Troféu Candango do Festival de Brasília em 2009, pelo filme “É Proibido Fumar”.

dancin1cabocla1o-tempo1Principais Trabalhos Na Televisão
1968-1969 — A Pequena Órfã (novela)
1972-1973 — Selva de Pedra (novela)
1973-1974 — O Semideus (novela)
1973-1975 — Chico City (humorístico)
1976-1977 — Duas Vidas (novela)
1978-1979 — Dancin´ Days (novela)
1979-1979 — Cabocla (novela)
1980-1980 — Água Viva (novela)
mulheres1o-rei11980-1981 — As Três Marias (novela)
1983-1983 — Louco Amor (novela)
1984-1984 — Partido Alto (novela)
1985-1985 — O Tempo e o Vento (minissérie)
1987-1987 — Direito de Amar (novela)
1988-1989 — Vale Tudo (novela)
1990-1990 — Mico Preto (novela)
1991-1992 — O Dono do Mundo (novela)
1993-1993 — Mulheres de Areia (novela)
1994-1994 — Memorial de Maria Moura (minissérie)
belissima1guerra11996-1997 — O Rei do Gado (novela)
1997-1998 — Anjo Mau (novela)
1999-1999 — Suave Veneno (novela)
2002-2002 — Desejos de Mulher (novela)
2005-2006 — Belíssima (novela)
2007-2007 — Paraíso Tropical (novela)
2011-2011 — Insensato Coração (novela)
2012-2012 — As Brasileiras (série)
2012-2013 — Guerra dos Sexos (novela)
2015-2015 — Babilônia (novela)

india1se-eu-fosse1aTrabalhos No Cinema
1981 — Índia, a Filha do Sol
1984 — Memórias do Cárcere
1987 — Besame Mucho
1988 — Jorge, Um Brasileiro
1995 — O Quatrilho
1996 — O Guarani
1997 — Pequeno Dicionário Amoroso
lula12001 — A Partilha
flores22006 — Se Eu Fosse Você (3,6 milhões de espectadores)
2007 — O Primo Basílio (634,5 mil espectadores)
2008 — Se Eu Fosse Você 2 (3,5 milhões de espectadores)
2009 — É Proibido Fumar (10,5 mil espectadores)
2010 — Lula — O Filho do Brasil (746,2 mil espectadores)
2012 — Flores Raras (263 mil espectadores)
2013 — Nise da Silveira — A Senhora das Imagens


 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados