juliana-alves ft1Juliana Alves

JULIANA ALVES DE OLIVEIRA, nasceu no dia 03 de maio de 1982, na cidade do Rio de Janeiro. Filha de uma professora e de um psicólogo, começou a se interessar cedo pelas artes cênicas ao integrar, aos dez anos, uma oficina de teatro. Na adolescência, cursou dança clássica. Mais tarde, foi selecionada para o corpo de baile do programa “Domingão do Faustão”. Em 2002, foi convidada para participar do reality showBigh Brother Brasil 3”, que seria exibido no ano seguinte. Foi eliminada na quinta semana ao enfrentar, no paredão, o Dhomini Ferreira, que se tornaria o campeão da competição.

No mesmo ano, iniciou a carreira de atriz ao participar da novela “Chocolate Com Pimenta”, na pele da personagem Selma. Fortaleceu sua fama nacional em outubro de 2009 ao posar para a capa e para um ensaio sensual da Playboy. No cinema, são cinco filmes no currículo: “Vamos Fazer Um Brinde” (2011), “E Aí... Comeu?” (2012), “Isolados” (2014), “Made In China” (2014) e “Turbulência” (2016). Em 2016, apareceu no carnaval carioca como a rainha da bateria da Escola de Samba Unidos da Tijuca. Na tevê, em 2016-2017, viveu a personagem Dora na novela “Sol Nascente”.

juliana-alves ft2Principais Trabalhos Na Tevê
2000-2003 — Domingão do Faustão (variedades, Globo)
2003-2003 — Bigh Brother Brasil 3 (reality show, Globo)
2003-2004 — Chocolate Com Pimenta (novela, Globo)
2005-2005 — Mano a Mano (seriado, Rede TV)
2005-2006 — Prova de Amor (novela, Record)
2007-2007 — Amazônia (minissérie, Globo)
2007-2008 — Duas Caras (novela, Globo)
2009-2009 — Caminho das Índias (novela, Globo)
2010-2011 — Ti Ti Ti (novela, Globo)
2012-2012 — Cheias de Charme (novela, Globo)
2015-2015 — Babilônia (novela, Globo)
2016-2016 — Segredos de Justiça (série, Globo)
2016-2017 — Sol Nascente (novela, Globo)

Na Capa da Playboy
01/10/2009 — O destaque da capa e do recheio da Playboy de outubro é a atriz Juliana Alves. Fotografada pelo Luís Crispino, a bela mulata ocupa 24 páginas internas, com fotos muito sensuais. O título da introdução diz bem: “Estonteante!”. Segue-se o texto: “Com seu olhar malicioso e seu corpo de mulherão, ela fez milhares de marmanjos estacarem hipnotizados diante da tevê. (...) E depois dizem que homem não gosta de novela”. O jornalista Ancelmo Góis apresentou a mulata: “Juliana Alves, de 27 anos, lindeza em forma de mulher, é produto da evolução da espécie. É o final feliz de uma história que começou há exatos 500 anos, quando o navegante português Diogo Álvares Correia — o Caramuru — naufragou na costa baiana e se casou com a índia Catarina Paraguaçu, dando início ao processo de miscigenação entre raças no Brasil. A raça foi enobrecida entre os séculos 16 e 19 com a chegada dos africanos. Mistura pra cá, mistura pra lá, produziu esta supermulata...”.



 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados