as-falsas-confidencias 2017Les Fausses Confidences

14/04/2017 — Já nos cinemas brasileiros o novo filme da francesa Isabelle Huppert, ganhadora do Oscar de 2017 com a produção “Elle”. Dessa vez, ela aparece no “As Falsas Confidências”, dirigido pelo seu conterrâneo Luc Bond. Na trama, ela faz a viúva Araminte, que contrata um belo rapaz para ser o seu secretário particular. O empregado arma um plano para conquistá-la amorosamente, com o objetivo de abocanhar a sua fortuna. Segue-se um intricado jogo de interesses e sedução. Isabelle tornou-se, com o passar dos anos, uma referência para o cinema mundial. Além do Oscar em 2017, ganhou o Globo de Ouro e o César (o Oscar francês). Antes, já tinha ganhado o Bafta (o Oscar britânico) em 1978 pelo filme “Um Amor Tão Frágil” e o Festival de Cannes em 2001 pelo “A Pianista”.

isabelle-huppert20170422Nasceu no dia 16 de março de 1953, na cidade de Paris, França. Filha de um engenheiro e de uma professora de inglês, começou a carreira de atriz ainda na pré-adolescência nos teatros da capital francesa. Logo chamou a atenção dos produtores cinematográficos pelo carisma que mostrava em cena. Assim, estreou no cinema em 1972 com uma pequena participação no filme “Uma Lágrima... Um Amor”. A primeira protagonista aconteceu em 1974. Viveu uma condessa no filme “L'ampélopède”, que fez muito sucesso na Europa, mas não chegou ao Brasil. Numa produção de Hollywood, estreou em 1975, com a personagem Helène, do filme “Setembro Negro”. Paralelamente ao cinema, fez várias séries para a televisão do seu país. São 126 créditos como atriz entre 1972 e 2017.

Principais Filmes

1972 — Uma Lágrima... Um Amor 1973 — O Professor 1974 — Corações Loucos
1975 — Setembro Negro
1976 — O Juiz e o Assassino
1977 — Um Amor Tão Fácil
1978 — Violeta
1979 — As Irmãs Brontë
1980 — O Portal do Paraíso
1981 — A Dama das Camélias
1981 — Vítima Por Testemunha
1982 — Paixão1983
1983 — A História de Piera
1984 — A Cadela
1985 — Assinado, Charlotte
1986 — Cactus
1987 — Uma Janela Suspeita
1988 — Os Possessos
1988 — Um Assunto de Mulheres
1990 — A Vingança Duma Mulher
1991 — Madame Bovary
1982 — Depois do Amor
1994 — Amateur
1994 — A Separação
1995 — Mulheres Diabólicas
1998 — Escola da Carne
1999 — Nenhum Escândalo
2000 — Os Destinos Sentimentais
2000 — A Teia de Chocolate
2000 — Crônica da Inocência
2001 — A Professora de Piano
2002 — Oito Mulheres
2003 — O Tempo do Lobo
2004 — A Vida É Uma Comédia
2004 — Minha Mãe
2005 — Gabrielle
2006 — Comédia do Poder
2006 — Propriedade Privada
2007 — O Amor Escondido
2008 — Barragem Contra o Pacífico
2009 — Minha Terra África
2010 — Copacabana
2011 — Minha Pequena Princesa
2012 — A Visitante Francesa
2012 — Amor
2012 — A Bela Que Dorme
2012 — Linhas de Wellington
2013 — A Religiosa
2013 — Uma Relação Delicada
2013 — Sem Perdão
2014 — Dois Lados do Amor
2014 — Um Amor Em Paris
2015 — Mas Forte Que Bombas
2015 — Fique Comigo
2015 — O Vale do Amor
2016 — O Amor Está Por Vir
2016 — Elle
2016 — As Falsas Confidências
2017 — Senhora Hyde
2017 — Eva

a-professora-de-pianoA Professora De Piano
23/01/2002 — Entrou em cartaz nos cinemas brasileiros o filme “A Professora de Piano”, o mais novo filme da francesa Isabelle Huppert. Ela interpreta a personagem Erika Kohut, uma quarentona que vive uma relação ambígua com a mãe. Elas dividem um apartamento e, não raro, se agridem fisicamente e dormem na mesma cama. Um dos pontos nevrálgicos do relacionamento é o talento da Erika. Pianista, ela se apresenta em salões burgueses e dá aulas num conservatório, onde frustra, solapa e coage seus alunos. Esse controle entra em colapso quando um aluno mais jovem se apaixona por ela. Ela também acaba por se apaixonar e passa a se odiar por isso. AUTALIZAÇÃO: Isabelle ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes. O filme fez US$ 120,1 milhões nas bilheterias mundiais.

a-teia-de-chocolate1Merci Pour Le Chocolat
16/10/2002 — Isabelle Huppert e o diretor francês Claude Chabrol nasceram um para o outro. No filme “A Teia de Chocolate”, a atriz faz a personagem Mika, herdeira de uma fábrica de chocolates na Suíça que se casa com um pianista viúvo, seu amigo de longa data. Quando uma filha longínqua do pianista aparece para conhecer o pai as coisas começam a esquentar. Pequenos gestos chamam a atenção da jovem para o comportamento sub-reptício e nefasto da madastra. De acordo com a crítica, Isabelle coloca a sua inteligência a serviço de um dos temas prediletos do diretor: os motivos banais que levam uma pessoa a exercitar o mal e a destruição. O filme fez US$ 13,4 milhões nas bilheterias mundiais.

madame-bovary 1991Madame Bovary
11/06/2008 — Está nas lojas o filme “Madame Bovary” no formato DVD. A protagonista é a francesa Isabelle Huppert. Ela faz a Emma Bovary, uma mulher casada com um pacato e desinteressante médico do interior. Por isso, trai o marido na busca de uma paixão e de um sentido para uma existência confinada aos mais sufocantes padrões burgueses. O cinismo dá o tom à adaptação do livro que causou escândalo no século XIX, muito embora se trate de um conto moral. Isabelle interpreta a trágica personagem com agudeza e inteligência. O filme foi lançado nos cimenas brasileiros em 09 de abril de 1991. Embora não tenha feito boa carreira nas bilheterias mundiais (apenas US$ 1,9 milhão), a produção agradou muito à crítica especializada.



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados