banner-topo

Em casa, no Circuito de Silverstone, o Lewis Hamilton volta a vencer na Fórmula 1

20170716 inglaterra2British Grand Prix

16/07/2017 — O piloto Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, disputado no Circuito de Silverstone, em Londres, onde despontou para o automobilismo. Ele largou na pole poisition e, em nenhum momento, foi ameaçado pelos seus adversários. No segundo lugar, chegou o seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas. Completou o pódio, o também finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. O seu maior oponente na F-1, Sebastian Vettel, chegou no sétimo lugar.

No Mundial de Pilotos, o Hamilton, com os 25 pontos conquistados, chegou aos 176, a um ponto, portanto, do líder. Na Grã-Bretanha, esta foi a quinta vitória do inglês. Ele ganhou lá nos anos de 2008, 2014, 2015 e 2016. É o maior vencedor do circuito, superando o alemão Michael Schumacher (três vitórias).  Em 2017, essa foi a quarta vitória, somadas as da China, da Espanha e do Canadá. No ano, o Hamilton ainda teve dois segundos lugares (Áustria e Bahrein), dois quartos lugares (Rússia e Áustria), um quinto lugar (Azerbaijão) e um sétimo lugar (Mônaco). Na carreira, são 198 grandes prêmios disputados, com 67 poles positions (33,8%), 57 vitórias (28,8%), 110 pódios (55,6%) e 2.423 pontos conquistados.

20170611 canadaCanadian Grand Prix
11/07/2017 — O resultado do Grande Prêmio do Canadá, disputado na cidade de Montreal, foi amplamente favorável ao piloto Lewis Hamilton, da escuderia Mercedes. Além de faturar a corrida de ponta a ponta, ainda viu o principal rival — Sebastian Vettel, da Ferrari — chegar em quarto lugar. Isso fez a diferença que os separa na contagem geral de pontos cair. Agora, na liderança geral, o alemão tem 141 pontos, contra 129 do inglês. No Canadá, essa foi a quinta vitória do Hamilton. Ele ganhou lá em 2007, 2010, 2012, 2015 e 2016. Em 2008, 2011 e 2014, não terminou a prova. Em 2009, sequer disputou. Em 2013, ficou com o terceiro lugar.

20170514 espanhaGrand Prix of Spain
14/05/2017 — O inglês Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o Grande Prêmio de Espanha de Fórmula 1, em Barcelona, somando o segundo triunfo no Mundial de Pilotos, em cinco corridas no ano. Como se recorda, ele faturou, no dia 09 de abril, o Grande Prêmio da China. Aproximou-se, assim, da liderança, ocupada pelo alemão Sebastian Vettel (Ferrari), reduzindo a distância que os separa para seis pontos. Ele completou as 66 voltas do circuito em 1h35m56s497. Esta também foi a segunda vitória no Circuito de Barcelona. A primeira aconteceu em 2014. Na Espanha, o piloto inglês havia faturado apenas uma prova, em 2014. Em 2007, 2011 e 2015, ficou em segundo no pódio. Em 2008, classificou-se em terceiro. Subsequentemente, em 2009, chegou em nono lugar; em 2010, no décimo; em 2012, no oitavo; em 2013, no décimo; e, em 2016, não completou o circuito.

20170409 china1Grande Prêmio Da China
09/04/2017 — O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, ganhou de ponta a ponta o Grande Prêmio da China, disputado no Circuito Internacional de Xangai. Ele devolveu ao Sebastian Vettel, da Ferrari, o resultado anterior, ocorrido na Austrália, quando o alemão ficou com o primeiro lugar. Assim, no campeonato, a pontuação ficou igual: 25 pontos para cada um. Na China, foi a quinta vitória do Hamilton. Ele faturou o caneco nos anos de 2008, 2011, 2014 e 2015. É o maior vencedor individual da prova desde que ela foi introduzida na Fórmula 1 em 2004.

20161130Segundo Lugar Em 2016
27/11/2016 — Campeão em 2015 com três etapas de antecedência, desta vez, em 2016, o Lewis Hamilton não pôde conter o companheiro de equipe  Nico Rosberg. Embora tenha levado a decisão para a última prova, o segundo lugar conquistado em Abu Dhabi pelo oponente lhe tirou o quarto título mundial. Ou seja, ganhou a prova nos Emirados Árabes Unidos, mas não levou o caneco. Na temporada foram dez vitórias, três segundos lugares e três terceiros. O que o prejudicou foi o abandono em duas provas — Espanha e Malásia —, nas quais não marcou pontos. Fez, no geral, 380 pontos contra 385 do Rosberg. No cômputo geral, até 27/11/2016, tem 188 grandes prêmios disputados, três títulos, 53 vitórias, 104 pódios e 2.247 pontos conquistados. Tem uma fortuna estimada em US$ 200 milhões.

20140921

Lewis Carl Davidson Hamilton nasceu no dia 7 de janeiro de 1985, na localidade de Stevenage, Hertfordshire, Inglaterra. Em 2005, foi campeão da Fórmula 3 Europeia, tendo como companheiro de equipe o piloto brasileiro Átila Abreu. No ano seguinte competiu na GP2, sagrando-se campeão da categoria no mesmo ano. No final de 2006, foi anunciado pela McLaren como o piloto da equipe para a temporada 2007, na qual correu ao lado do campeão de 2006, Fernando Alonso. Em seu primeiro grande prêmio na categoria — o da Austrália — conseguiu um terceiro lugar. A primeira vitória na Fórmula 1 veio no Grande Prêmio do Canadá de 2007.

Nesta mesma temporada, teve problemas com Fernando Alonso, que acusava a equipe de favorecê-lo. Estava com o título da temporada 2007 nas mãos, mas cometeu erros nas duas últimas corridas e o campeão foi Kimi Räikkönen. Mesmo com a perda do título por apenas um ponto, graças ao jogo de equipe da Ferrari em Interlagos, sua performance foi considerada acima da média para um estreante da categoria. Ganhou o seu primeiro campeonato em 2008. Em 2013, mudou-se para a Mercedes, escuderia pela qual ganhou o seu segundo campeonato, em 2014. No dia 25/10/2015, entrou para a história da Fórmula 1 ao faturar antecipadamente, nos Estados Unidos, o terceiro título mundial. Terminou a temporada com 327 pontos. No total até 19/07/2017, são 198 grandes prêmios, com três títulos (2008, 2014 e 2015), 57 vitórias, 110 pódios e 2.423 pontos conquistados.


24/07/2016 — O inglês Lewis Hamilton venceu o trigésimo primeiro Grande Prêmio da Hungria, disputado no Circuito de Hungaroring. Ele completou as setenta voltas do traçado em 1h40m30s115, deixando para trás, novamente, pela terceira vez consecutiva, o companheiro de equipe Nico Rosberg (segundo) e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull (terceiro). Com essa vitória, foi aos 192 pontos na classificação geral, ultrapassando em seis pontos o Rosberg. Foi o quinto triunfo na temporada. Na Hungria, Hamilton se transformou no maior vencedor do circuito, com cinco vitórias. Ele venceu em 2007, 2009, 2012 e 2013. Até então, estava empatado com o alemão Michael Schumacher.

 

Resultados em 2016

Austrália: segundo lugar (18 pontos)

Bahrein: terceiro lugar (15 pontos)

China: sétimo lugar (06 pontos)

Rússia: segundo lugar (18 pontos)

Espanha: não completou a prova

Mônaco: primeiro lugar (25 pontos)

Canadá: primeiro lugar (25 pontos)

Azerbaijão: quinto lugar (10 pontos)

Áustria: primeiro lugar (25 pontos)

Grã-Bretanha: primeiro lugar (25 pontos)

Hungria: primeiro lugar (25 pontos)

 

Grande Prêmio da Grã-Bretanha


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados