Gran Premio de México

29/10/2017 — O Lewis Hamilton tornou-se, no Grande Prêmio do México, o primeiro piloto britânico a vencer quatro campeonatos mundiais de Fórmula-1. O inglês teve um acidente com o seu rival Sebastian Vettel, logo na largada. Por isso, ambos, na sequência, tiveram de ir para o fim da fila. Ele se recuperou, terminando a prova no nono lugar. Na combinação de resultados, já que o Vettel terminou no quarto lugar, conseguiu os pontos necessários para a conquista do quarto título de forma antecipada. Foi aos 333 pontos, contra 277 do alemão. Como restam apenas duas etapas — Brasil e Emirados Árabes — o Vettel, mesmo se vencer, chegará apenas a 327 pontos, número insuficiente para superar o inglês. A prova mexicana foi vencida pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull. Em termos de número títulos, o Hamilton passou a ser o terceiro colocado, ao lado o Sebastian Vettel e do francês Alan Prost, cada um com quatro. O segundo lugar pertence ao argentino Juan Manuel Fangio (cinco conquistas). O primeiro lugar é do alemão Michael Schumacher (sete títulos).

20171029 mexicoVitórias Em 2017
09/04/2017  CHINA
14/05/2017  ESPANHA
11/06/2017  CANADÁ
16/07/2017  GRÃ-BRETANHA
27/08/2017  BÉLGICA
03/09/2017  ITÁLIA
11/09/2017  SINGAPURA
08/10/2017  JAPÃO
22/10/2017  ESTADOS UNIDOS
29/10/2017  MÉXICO

20140921Lewis Carl Davidson Hamilton nasceu no dia 7 de janeiro de 1985, na localidade de Stevenage, Hertfordshire, Inglaterra. Em 2005, foi campeão da Fórmula 3 Europeia, tendo como companheiro de equipe o piloto brasileiro Átila Abreu. No ano seguinte competiu na GP2, sagrando-se campeão da categoria no mesmo ano. No final de 2006, foi anunciado pela McLaren como o piloto da equipe para a temporada 2007, na qual correu ao lado do campeão de 2006, Fernando Alonso. Em seu primeiro grande prêmio na categoria — o da Austrália — conseguiu um terceiro lugar. A primeira vitória na Fórmula 1 veio no Grande Prêmio do Canadá de 2007.

Nesta mesma temporada, teve problemas com Fernando Alonso, que acusava a equipe de favorecê-lo. Estava com o título da temporada 2007 nas mãos, mas cometeu erros nas duas últimas corridas e o campeão foi Kimi Räikkönen. Mesmo com a perda do título por apenas um ponto, graças ao jogo de equipe da Ferrari em Interlagos, sua performance foi considerada acima da média para um estreante da categoria. Ganhou o seu primeiro campeonato em 2008. Em 2013, mudou-se para a Mercedes, escuderia pela qual ganhou o seu segundo campeonato, em 2014. No dia 25/10/2015, entrou para a história da Fórmula 1 ao faturar antecipadamente, nos Estados Unidos, o terceiro título mundial. Terminou a temporada com 327 pontos. Em 2016, com 380 pontos no total, ficou com o vice-campeonato. Ganhou, na temporada, 10 corridas, três segundos lugares e quatro terceiros lugares. No total, na carreira, até 22/10/2017, são 205 grandes prêmios, com três títulos (2008, 2014 e 2015), 62 vitórias, 116  pódios e 2.578   pontos conquistados.


 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados