20170704 sunsLeandrinho & Phoenix Suns

03/07/2017 — Depois de três passagens pelo Phoenix Suns, o jogador brasileiro Leandrinho Barbosa foi dispensado do grupo. Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, o contrato chegou ao fim para que a franquia possa criar espaço dentro da folha salarial da equipe. Com a saída do atleta, o time tem US$ 3,5 milhões (R$ 11,55 milhões) a mais para negociar com reforços para a próxima temporada. O atlta receberá apenas US$ 500 mil (R$ 1,6 milhão) do seu contrato de US$ 4 milhões (R$ 13,2 milhões). O brasileiro tinha um acordo de duas temporadas, mas apenas com a primeira garantida.

No último ano, o Leandrinho fez boas médias nas partidas. Em 63 disputas, marcou 6,3 pontos, acumulou 1,6 rebotes e 1,2 assistências por jogo. Aos 34 anos, ele tem 14 temporadas da NBA no currículo. Nas oito primeiras, entre 2003 e 2010, vestiu camisa dos Suns. Na época, em 2007, recebeu o prêmio de melhor sexto homem da principal liga de basquete do mundo. Ele também defendeu o Toronto Raptors, o Indiana Pacers e o Boston Celtics, antes de um breve retorno aos Suns, em 2013. Na temporada seguinte, jogou pelo Golden State Warriors e conquistou o título da NBA daquele ano. Em 2016, voltou ao Suns. Agora, depois de ser dispensado, passa a ser um agente livre disponível no mercado. Ele se junta ao Anderson Varejão e ao Marcelinho Huertas, também dispensados.

Leandrinho Barbosa
LEANDRO MATEUS BARBOSA
nasceu no dia 28 de novembro de 1982, na cidade de São Paulo. Ala-armador, começou a jogar quando tinha 17 anos, na Sociedade Esportiva Palmeiras. Em 2001, transferiu-se para o Bauru Basquete, com qual foi campeão paulista e campeão brasileiro. Em 2002, foi convocado pela primeira vez para a seleção principal. Em 2003, deixou o Bauru e foi para os Estados Unidos para se integrar à equipe do Phoenix Suns. Depois de passar pelo Toronto Raptors, retornou ao Brasil em 2011 para defender o Flamengo. Voltou para os Estados Unidos no ano seguinte. Com a seleção, ganhou, em 2005 e 2009, a medalha de ouro da Copa América de Basquetebol. Fez, na carreira, até julho de 2017, 10.512 pontos. Estima-se que tenha ganhado US$ 42,6 milhões em salários.

20170707a20170707bEquipes
1999-2001 — Palmeiras
2001-2003 — Bauru
2003-2010 — Phoenix Suns
2010-2012 — Toronto Raptors
2011-2011 — Flamengo
2012-2012 — Indiana Pacers
2012-2013 — Boston Celtics
2013-2014 — Pinheiros
2014-2014 — Phoenix Suns
2014-2016 — Golden State Warriors
2016-2017 — Phoenix Suns



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados