Hortência & Playboy
ft1 capaft3

24/05/2018 — A capa da Playboy de fevereiro de 1988 foi dedicada à jogadora de basquete Hortência Marcari. Então com 29 anos, a “homenagem” foi decorrência do desempenho no ano anterior, quando conquistou, com a seleção brasileira, a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis. Conquistou, também, o coração dos americanos com seu jogo rápido e suas cestas certeiras. O ensaio sensual interno, com dez páginas, teve fotos produzidas pelo recomendado J. R. Duran e um poema do jornalista Armando Nogueira. De acordo com o texto-exaltação, a Hortência herdou da avó, italiana, além do nome de flor, a maneira falante, entusiasmada de se expressar. Nascida no interior paulista, chamava a atenção pelo sotaque forte de caipira, que marcou, de forma quase caricata, toda a trajetória vitoriosa desde o início da carreira.

ft4Hortência Marcari
HORTÊNCIA DE FÁTIMA MARCARI nasceu no dia 23 de setembro de 1959, na cidade de Potirendaba, Estado de São Paulo. Começou a se interessar pelo basquete ainda na escola primária em que estudou. O pontapé inicial na carreira aconteceu no São Caetano Esporte Clube em 1972 e se aposentou em 1994, depois de uma trajetória brilhante. É considerada a maior jogadora do Brasil em todos os tempos. De acordo com os registros, marcou 3.160 pontos em 127 partidas oficiais, com média de 24,9 pontos. Disputou cinco campeonatos mundiais e dois jogos olímpicos.

Entre os diversos títulos conquistados, destacam-se a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Caracas, em 1983, as medalhas de prata nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, em 1987, e nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, e, para coroar, as medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Havana, em 1991, e no Campeonato Mundial da Austrália, em 1994. Em 2015 foi homenageada nos Estados Unidos com a inscrição do seu nome no Hall da Fama do Basquetebol Feminino. Em 2010, foi agraciada com a comenda da Ordem do Ipiranga, ofertada pelo Governo do Estado de São Paulo em vista da contribuição dada para o desenvolvimento do esporte. Depois da aposentadoria, tornou-se empresária, dirigente da Confederação Nacional de Basquete e comentarista esportiva.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados