i-barroso2Inezita Barroso

IGNEZ MAGDALENA ARANHA DE LIMA nasceu no dia 4 de março de 1925 e morreu no dia 8 de março de 2015, na cidade de São Paulo.

Nascida no seio de uma família abastada e apaixonada pela cultura, principalmente pela música brasileira, começou a cantar e tocar violão e viola desde pequena. Estudiosa, matriculou-se no conservatório e também aprendeu piano. Foi aluna da primeira turma da graduação em biblioteconomia da Universidade de São Paulo, formando-se antes de se tornar cantora profissional. Com o primeiro disco, vieram também os primeiros sucessos: o clássico samba “Ronda”, de Paulo Vanzolini, e a caipiríssima “Moda da Pinga”, de Ochelsis Laureano e Raul Torres, que se tornou a mais célebre das suas interpretações.

i-barroso3Ultrapassou a marca dos cinquenta anos de carreira e dos oitenta discos gravados, entre 78 rpm, vinil e CDs. Desde 1980, comandou o programa de música caipira “Viola, Minha Viola”, exibido pela TV Cultura de São Paulo. Apresentou também no SBT um programa musical, aos domingos pela manhã, o qual levava o seu nome. É reconhecida também como atriz de teatro e cinema. Por onde atuou, ganhou prêmios importantes, como o Troféu Roquette Pinto, como “melhor cantora de rádio”; o Prêmio Guarani, como “melhor cantora em disco”, além de ganhar também o Prêmio Saci de cinema. Em 2003, foi condecorada pelo Estado de São Paulo com a Medalha do Ipiranga, recebendo o título de comendadora da música de raiz.


i-barroso angelainezita-barroso sergioFilmes
1951 — Ângela
1953 — O Craque
1953 — Destino Em Apuros
1954 — É Proibido Beijar
1954 — Mulher de Verdade
1955 — Carnaval Em Lá Maior
1956 — O Preço da Vitória
1970 — Isto É São Paulo
1978 — Desejo Violento


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados