Uma Autobiografia

12/01/2018 — A cantora Rita Lee tem o que comemorar. O livro “Rita Lee: Uma Autobiografia” ocupou a nona posição entre os mais vendidos de 2017. Segundo os dados do mercado editorial, foram comercializados, no ano passado, 98.083 exemplares da obra. Estima-se que a arrecadação total tenha ficado em mais de três milhões de reais. Lançado em 2016, o livro chegou a ganhar um prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte. Estima-se que, no total, já tenha vendido mais de 200 mil exemplares. No texto, a roqueira lembra os seus excessos da juventude, a relação com a família, os tempos do regime militar e a vida nos palcos. Em junho 2017, o livro foi publicado foi publicado em Portugal. Além de vários discos gravados, a Rita Lee tem sete livros publicados. O último deles — “Dropz” — foi lançado no ano passado.

rita-lee15bRita Lee Jones Carvalho nasceu no dia 31 de dezembro de 1947, na cidade de São Paulo. Filha de um imigrante americano, nasceu e cresceu na Vila Mariana. Na infância, teve aulas de piano e música clássica. Na adolescência, passou a se interessar pela música popular. Em 1963, formou o conjunto “Garotas Adolescentes” e passou a se apresentar em shows e festas colegiais. No ano seguinte, o grupo se fundiu com a banda “Wooden Faces”, formando o “Six Sided Rockers”. Depois de gravar um compacto e mudar o nome para “O´Seis”, o grupo passou a se chamar “Os Mutantes”. Com esse novo nome, iria revolucionar a rock brasileiro nas década seguintes.

Com “Os Mutantes”, a cantora gravou sete discos, com destaque para o primeiro (homônimo), de 1968, colocado no nono lugar na lista dos cem melhores de todos os tempos, numa compilação da revista especializada Rolling Stone. Em 1970, engatou a carreira-solo, gravando, até 2012, vinte álbuns de estúdio e sete ao vivo. Além da música, enveredou pela literatura. Criou, em 1982, o personagem Dr. Alex, que protagonizou quatro livros infantis: “Dr. Alex” (1986), “Dr. Alex e os Reis de Angra” (1988), “Dr. Alex Na Amazônia” (1990) e “Dr. Alex e o Oráculo de Quartz” (1992). Em 2013, lançou “Storinhas”. Também atuou como atriz nas novelas “Top Model” (1989-1990) e “Vamp” (1991-1992). Em 2002, foi uma das apresentadoras do programa “Saia Justa”, no canal GNT. Sua discografia encontra-se no quarto lugar na lista das mais vendidas em todos os tempos: 55 milhões de cópias. Em 2016, reiniciou as ativicades de escritora, lançando uma autobiografia. Em 2017, chegou “Dropz”, um livro de contos.

dropz rita-leeA Roqueira Em Dropz
15/08/2017 — A cantora Rita Lee parece ter gostado da nova atividade, a literatura. Ela está lançando oficialmente nesta terça-feira (15) o seu novo livro, intitulado “Dropz”. A obra sai pela Editora Globo, com preço médio de R$ 42,00. O livro contém 61 contos, todos com ilustrações feitas pela autora. Esses contos, segundo a crítica, primam pelo inusitado. O primeiro exemplo é a história “Baião de Dois”, em que uma mulher de setenta anos se apaixona por um jovem ator. Ela ostenta um corpo nota 10 graças aos vários procedimentos cirúrgicos pelos quais passou. O ator, para provar que não pretende dar o golpe do baú, usa o mesmo expediente, mas para envelhecer. No ano passado, a roqueira lançou a sua autobiografia.

rita-lee1Uma Autobiografia
12/11/2016 — Já está nas livrarias a obra “Rita Lee — Uma Autobiografia”. É a vida da cantora paulistana contada em detalhes por ela própria. Tem muito pouco, quase nada, de sexo, mas, em compensação, a mão pesa nos itens drogas e rock’n’roll. Rita pega o leitor pelo braço e o leva a ouvir as suas histórias, a maior parte impagável, outras mais barras-pesadas, todas elas perpassadas pelo bom humor de quem não se leva a sério, como a própria se define. São causos esparsos que a cantora testemunhou ou dos quais foi protagonista ao longo dos seus quase 70 anos de vida e mais de 50 de carreira, empacotados numa linguagem bastante informal, cheia de gírias e sem preocupação com datas. Rita Lee gravou seu primeiro disco em 1970. De lá para cá são 17 álbuns de estúdio seis ao vivo.

rita-lee caixa15aDiscografia
26/11/2015 — Já chegou às lojas brasileiras um caixa de discos pra lá de interessante para os amantes do rock progressivo: “Rita Lee — Discografia”. Pela primeira vez na carreira, a maior roqueira do Brasil reuniu, num só lançamento, toda a sua obra. Seus vinte álbuns, gravados a partir de 1970, foram todos remasterizados digitalmente. Lá estão os maiores sucessos da cantora paulistana: “Ovelha Negra”, “Mania de Você”, “Lança Perfume” e vai por aí. Na caixa — um verdadeiro luxo — ainda está um disco com diversas pérolas da artista, as quais não fizeram parte de nenhum outro álbum. São músicas de temas de novela, comerciais de televisão e trilha de filmes. O preço sugerido é salgado — R$ 449,90 —, mas vale a pena.


 

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados