elza-soares ft1Elza Soares

01/04/1986 — Divina dama da Música Popular Brasileira, com uma carreira de altos e baixos dignos de uma Lady Day dos trópicos, finalmente Elza Soares voltou ao disco. E se ela sempre arrastou a sandália, agora é com luxo e galhardia. “Somos Todos Iguais”, lançado pela gravadora Som Livre, é deliciosamente jazzístico e suingado. Também abusa da versatilidade da cantora na salsa, no samba gemido e no blues. O Grupo Fundo de Quintal também participa, com arranjos bárbaros do saxofonista Glaucus Xavier. Ainda que a capa seja feita como a de um disco caribenho, Elza arrasa (Playboy — Abril de 1986).

elza-soares ft2Elza da Conceição Soares
Nasceu no dia 23 de junho de 1930, na cidade do Rio de Janeiro. Teve uma infância e uma adolescência sofrida. Casou-se aos doze anos por ordem do pai. Mas, aos treze, já estava participando do programa do Ary Barroso, na Rádio Tupi. Ficou viúva aos 21 anos, com cinco filhos para criar: quatro meninos e uma menina. Aos 32 anos conheceu o futebolista Garrincha, com que ficou casada até 1982. Em 1986, depois de uma acidente automobilístico que resultou na morte de um dos seus filhos, resolveu passar uns tempos na Europa e nos Estados Unidos. Na carreira, recebeu várias indicações para o Grammy. Em 2007, a BBC de Londres a elegeu “a cantora do milênio”. Gravou, entre 1960 e 2015, trinta e cinco discos, além de seis coletâneas.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados