erro-medico1Guarulhos

01/05/2014 — O Tribunal de Justiça São Paulo condenou a Prefeitura de Guarulhos a indenizar a mãe de um jovem que morreu em razão de uma infecção hospitalar contraída em uma unidade pública após uma cirurgia no pé. De acordo com os autos, o falecido sustentava a mãe e suas duas filhas, razão por que a autora requereu indenização por danos morais e materiais, pagamento de pensão mensal e das despesas com funeral. Condenada a pagar 50 salários mínimos de indenização e pensão alimentícia até a data em que a vítima faria 65 anos, a municipalidade recorreu e alegou que a fatalidade surgira de complicações pós-cirúrgicas, decorrentes do fato de o paciente ter ingerido álcool antes da cirurgia e ser usuário de drogas, o que explicaria a infecção. O juiz singular e o tribunal não aceitaram as alegações.

LinhaPreta

guarulhos-sebastiao1GUARULHOS foi fundada no dia 8 de dezembro de 1560 pelo padre jesuíta Manuel de Paiva, com a denominação de Nossa Senhora da Conceição. Sua origem está ligada à de cinco outros povoamentos que tinham como principal objetivo defender o povoado de São Paulo de Piratininga contra um possível ataque dos índios tamoios. Na mesma época, nascia, também com o mesmo propósito, a vila de São Miguel, hoje Bairro de São Miguel Paulista. Em 1880, emancipou-se de São Paulo, com o nome de Nossa Senhora da Conceição dos Guarulhos. O nome atual só foi adotado após a promulgação da Lei nº 1.021, de 6 de novembro de 1906.

O início do século XX foi marcado pela chegada da ferrovia e da energia elétrica (Light & Power), pelos pedidos para instalação da rede telefônica, licenças para implantação de indústrias, de atividades comerciais e pelos serviços de transporte de passageiros. A década de 1930 foi marcada pelos atos de Intervenção Federal, Constituição da Junta Governativa de Guarulhos e pelo Movimento Constitucionalista. Em 1940, foi inaugurada a Biblioteca Pública Municipal. Em 1941, foi instalado o primeiro Centro de Saúde. Dez anos após, inaugurou-se a Santa Casa de Misericórdia. Nessa década também chegaram as indústrias do setor elétrico, metalúrgico, plástico, alimentício, além das de borracha, calçados, peças para automóveis, relógios e couros.

É a segunda cidade mais populosa do Estado de São Paulo, com 1,3 milhão de habitantes, assentados numa área geográfica de 318,7 quilômetros quadrados. Limita-se geograficamente com os municípios de Mairiporã e Nazaré Paulista ao norte, Santa Isabel ao nordeste, São Paulo ao sul e ao oeste, Arujá e Itaquaquecetuba ao leste. Seu Produto Interno Bruto estimado é de R$ 43,5 bilhões, com predominância dos serviços e da indústria. A agropecuária é incipiente. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) medido é 0,763, considerado alto pelos padrões da ONU. O prefeito da cidade é o ex-sindicalista Sebastião Almeida (PT). Ele foi eleito em 2008 para o mandato de 2009-2012 e reeleito em 2012 para o mandato 2013-2016. A Câmara Municipal conta com 33 vereadores. O nome “guarulhos” advém da presença dos índios guarus no local antes da chegada dos brancos.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados