paraitinga-catedralSão Luiz do Paraitingalinha-gif

SÃO LUIZ DO PARAITINGA foi fundada no dia 8 de maio de 1769.

Situa-se no extremo sudeste do Estado de São Paulo. Limita-se ao norte com as cidades de Lagoinha e Taubaté, ao sul com Ubatuba, a sudoeste com Natividade da Serra, a leste com Cunha e a oeste com Redenção da Serra e Taubaté. De acordo como censo demográfico do IBGE de 2010, a população está estimada 10.397 habitantes, distribuídos por uma área geográfica de 617 quilômetros quadrados. Seu Produto Interno Bruto estimado é de R$ 78,2 bilhões, 74,2% decorrentes das atividades do comércio e serviços (incluindo o turismo), 13,5% da agropecuária e 12,3% da indústria. O Índice de Desenvolvimento Humano, medido pela Organização das Nações Unidas, é 0,754, considerado médio.

alex-e-torres in1É um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas do estado, o que lhe garante benefícios nos repasses de recursos obrigatórios por parte do governo estadual. Dentre os seus atrativos, destaca-se, na área urbana, seu conjunto arquitetônico, parte dele tombado pelo patrimônio histórico. São quase 100 prédios declarados de interesse paisagístico, entre as quais a residência do cientista Osvaldo Cruz, transformada em centro cultural. No turismo ecológico, destacam-se várias trilhas, como a da Pirapitinga, do Corcovado, do Poço do Pito, do Ipiranga e do Rio Grande, além dos raftings no Núcleo de Santa Virgínia, com duração de seis horas, e Brazadão, com duração de quatro horas. Ambos são realizados no Rio Paraibuna.

Sua hidrografia é marcada pelos rios Paraitinga, Paraibuna e Chapéu. Em 2010, o Paraitinga transbordou, o que causou estragos inestimáveis ao patrimônio histórico da cidade. Em 2011, com a ajuda do governo estadual, recuperou parte desse patrimônio, que já está à disposição dos turistas. É servida pelas rodovias Oswaldo Cruz e Nélson Ferreira Pinto. Entre os seus filhos ilustres, encontram-se o cientista Osvaldo Cruz, o geógrafo Aziz Ab´Saber e o maestro Elpídio dos Santos. Em 2010, uma tragédia se abateu sobre a cidade. O transbordamento do Rio Paraitinga destruiu grande parte do acervo histórico. Em 2012, o Governo do Estado anunciou a construção de uma barragem para prevenir novos eventos daquela natureza. O prefeito é Alex  Eusébio Torres (PR), eleito em 2012 para o período de 2013-2016. A Câmara Municipal conta com nove vereadores.

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados