Abaetetuba
vista

ABAETETUBA foi fundada no dia 15 de agosto de 1724. Situa-se no nordeste do Estado do Pará, na mesorregião do Nordeste Paraense, microrregião de Cametá. De acordo com as estimativas do IBGE para 2017, conta com uma população de 153.580 habitantes, distribuídos por uma área de 1,6  mil quilômetros quadrados. O Produto Interno Bruto, estimado em 2014, é de R$ 1,1 bilhão, com predominância para o setor de serviços, com 37%. A agropecuária participa com 11,9% e a indústria, com 5,7%. O Índice de Desenvolvimento Humano, medido em 2010, é 0.628, considerado médio pelos critérios da ONU. O prefeito eleito em 2016, para o período 2017-2020, é o Alcides Negrão, do PMDB. A Câmara Municipal é formada por 15 vereadores.

Historicamente, há divergências quanto às primeiras incursões no território. Segundo a tradição, a primeira penetração foi feita pelo Francisco de Azevedo Monteiro, quando, em 1745, ali aportou com toda sua família, ao fugir de um temporal. Segundo o historiador Palma Muniz, porém, as primeiras incursões foram feitas pelos antigos frades capuchinhos, que fundaram o Convento da Una, seguindo-os, mais tarde, os jesuítas, exploradores do Rio Uraenga ou Ararenga. Inicialmente, o local se chamava Abaeté, topônimo indígena que significa “homem forte e valente”. Entretanto, por haver outra cidade brasileira com esse nome, em Minas Gerais, teve, em 1944, o nome alterado para Abaetetuba, nome de origem tupi que significa “lugar de homem ilustre”.

A cidade oferece boas oportunidades de turismo. Conta com diversos balneários, Além disso, tem praias fluviais muito acolhedoras, com destaque para a Praia de Beja, nas margens do Rio Pará. O destaque vai, também, para a Ilha do Capim, um convite ao ecoturismo, com trilhas de mata e paisagens exuberantes. Na economia, a cidade exportou, entre janeiro e setembro de 2017, o equivalente a 65,6 milhões de dólares. O principal produto de exportação são animais vivos da espécie bovina, com 97,2% do total. O principal destino dessas exportações são os países do Oriente Médio, com destaque para a Jordânia (34,7% do total). De acordo com os dados do Ministério do Trabalho, a cidade fechou 2016 com 1659 registrado, sendo 885 lojas comerciais, 581 escritórios de serviços, 83 indústrias, e 69 escritórios de construção civil.

praia de bejaecoturismoecoturismo2iguarias


 

Cidades Brasileiras

UP TOGGLE DOWN


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados