hyundai araraquaraVagões Para Trens

01/04/2016 — A Hyundai-Rotem, braço do sul-coreano Hyundai Motor Group, inaugurou esta semana a sua fábrica em Araraquara. Com investimento de R$ 100 milhões, a unidade de trens e composições ferroviárias vai criar 300 empregos diretos. A inauguração contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que ressaltou a importância do transporte ferroviário. A nova planta é a segunda maior da empresa. Inicialmente, vai produzir 240 carros para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos de São Paulo e 112 carros para o Metrô Bahia, de Salvador. O complexo em Araraquara foi construído num espaço de 150 mil metros quadrados, com 21 mil metros quadrados de área construída. Está localizado próximo à Rodovia Antônio Machado Sant’Anna, que liga a cidade a Ribeirão Preto.

araraquara shopping15f1Tropical Shopping
17/12/2015 — A Prefeitura de Araraquara conseguiu um acordo com os proprietários do antigo Tropical Shopping para a demolição do local. A proposta para a destruição do prédio, que há mais de um ano gerava reclamações de moradores por causa do abandono, foi aceita numa assembleia. Segundo a assessoria de imprensa da administração municipal, a negociação aconteceu após diversas tentativas de acordo. Depois da demolição, a área deverá ser leiloada. O dinheiro será utilizado para o pagamento das dívidas acumuladas e o restante vai para os cofres públicos. Em julho, a justiça araraquarense havia decidido que os proprietários deveriam isolar o prédio e manter a segurança na área. O shopping está abandonado há anos e virou abrigo para moradores de rua e usuários de drogas, gerando insegurança para os moradores.

m-barbieri1Araraquara foi fundada no dia 22 de agosto de 1817. Situa-se na região central do estado. Limita-se geograficamente com os municípios de Motuca, ao norte; Rincão, ao nordeste; Ibaté e Ribeirão Bonito, ao sul; Boa Esperança do Sul, ao sudoeste; Américo Brasiliense, Santa Lúcia e São Carlos, ao leste; Gavião Peixoto e Matão, ao oeste. Segundo o IBGE (2014), a população está estimada em 224,3 mil habitantes, distribuídos por uma área geográfica de 1,003 mil quilômetros quadrados. O Produto Interno Bruto estimado é R$ 4,621 bilhões, com predominância do setor do comércio e dos serviços (75,22%), seguidos pela indústria (22,89%) e da agropecuária (1,89%). O Índice de Desenvolvimento Humano (2013) é 0,815 — o décimo quarto do Brasil e o sétimo do Estado de São Paulo.

Crimes eleitorais e administrativos
08/08/213 — Uma operação da Polícia Federal resultou nas prisões de um ex-secretário e de três coordenadores do prefeito de Araraquara, Marcelo Barbieri (PMDB). Eles são suspeitos de crimes eleitorais e administrativos. Além dos quatro, foi presa ainda uma assessora do vereador Ronaldo Napeloso (DEM) e outros dois secretários pediram afastamento após a divulgação das detenções e da apreensão de documentos. Os dois supostos esquemas ilegais foram descobertos depois que se omeçou a investigar o patrimônio do vereador. Segundo o delegado Nelson Edilberto Cerqueira, não havia uma fonte de renda lícita que justificasse os rendimentos. Na apuração, a polícia descobriu indícios de práticas ilícitas na prefeirura, entre as quais a cobrança de propina em troca de liberação para construções industriais em áreas públicas.

randon15f1Componentes para ferrovias
01/11/2014 — Foi oficializado o início das obras de uma fábrica da Randon em Araraquara, com investimentos de R$ 100 milhões. A empresa havia anunciado em 2012 que se instalar na cidade, mas as obras só tiveram início neste ano. A unidade vai produzir vagões e semirreboques para transporte de produtos ligados ao setor sucroalcooleiro. A previsão é de criação de mais de dois mil empregos a partir de 2016, além de geração de tributos. O governador Geraldo Alckmin esteve na cidade para o lançamento da pedra fundamental das obras. Ele disse que Araraquara se consolida como um dos principais polos meta-mecânicos do país, com a fabricação de componentes para ferrovias. A fábrica da Randon já trouxe benefícios, com a realização de obras públicas essenciais.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados