Abaeté
abaete1

ABAETÉ — Cidade fundada no dia 05 de novembro de 1877. Situa-se na Microrregião de Três Marias, no centro do Estado de Minas Gerais. De acordo com as estimativas do IBGE para 2017, conta com 23.611 habitantes, distribuídos por 1,8 mil quilômetros quadrados. Possui como principais atividades econômicas a pecuária leiteira, a pecuária de corte, a fruticultura, além de indústrias frigoríficas, confecções, laticínios e de produtos não-metálicos. De alguns anos para cá, a parte financeira da cidade vem crescendo muito, graças ao carnaval da cidade, transformado em ponto de atração de turistas de todas as partes do Brasil.

Historicamente, os primeiros habitantes do lugar foram os índios abaetés. O povoamento foi iniciado pelos civilizados por volta de 1730. Vários colonizadores apossaram-se de áreas para cultivar e criar gado bovino e eqüino, entre eles o Capitão Davi José Pereira, o Pedro Alves de Souza e o Antônio Teodoro de Mendonça. A partir de 1737, foram distribuídas cartas de sesmarias, expedidas pelo Governo Real, iniciando-se a formação de inúmeras fazendas. Sendo o local rico em jazidas de diamantes, para lá se dirigiram, também, várias pessoas, dando origem, por volta de 1840, a um arraial. O distrito, com a denominação atual, foi criado em 1864. Em 1870, foi elevado à categoria de vila. Tornou-se cidade em 1877.

De acordo com os dados econômicos coletados pelo IBGE, o Produto Interno Bruto, relativo a 2014, é de R$ 350,4 milhões. A predominância é do setor de serviços, com 45,4% do total das riquezas locais. Em seguida, vêm a agropecuária, com 14,3%, e a industria, com 12,1%. A cidade fechou 2016 com 1.559 estabelecimentos formalizados, sendo 500 lojas de comércio (32,1%), 479 escritórios de serviços (30,7%), 408 representações agropecuárias (26,2%), 99 indústrias (6,3%), 66 registros de construção civil (4,2%)  e outros (0,5%). O Índice de Desenvolvimento Humano, medido em 2010, é 0,698, considerado médio pelos padrões da ONU. A frota registrada, contada em 2016, é 11.912 veículos, sendo 54,8% de automóveis e 17,1% de motocicletas. O orçamento municipal, relativo a 2017, é de R$ 45,1 milhões.


 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados