banner-topo

O prêmio Nobel de Economia de 2015 ficou com um escocês

Angus-Deaton15aAngus Deaton

13/10/2015 — O professor Angus Deaton, de 69 anos, que tem nacionalidade britânica e norte-americana, ganhou o Prêmio Nobel da Economia pelo trabalho sobre o consumo associado à pobreza, segundo anunciou o Comitê Nobel. O laureado nasceu na Escócia e trabalha nos Estados Unidos, na Universidade de Princeton, onde se dedica à área do desenvolvimento econômico. Ele foi escolhido “pela sua análise do consumo, da pobreza e do bem-estar”. A obra do economista gira em torno de três questões essenciais: como os consumidores repartem as suas despesas, quanto se poupa e quanto se gasta no conjunto da sociedade e por fim como avaliar o bem-estar individual. Clique AQUI para ver a trajetória do laureado.

jean-tirole1Jean Tirole
13/10/2014 — O francês Jean Tirole, 61 anos, ganhou o Prêmio Nobel de Economia, por seu trabalho de análises do poder e regulação de mercado. Ele é atualmente diretor do Instituto de Economia Industrial da Universidade de Ciências Sociais, em Toulouse, França. O laureado levará aproximadamente 1,1 milhão de dólares pela nomeação. Segundo a Real Academia Sueca, Tirole é um dos economistas mais influentes do nosso tempo. Ele fez contribuições teóricas importantes a várias áreas, mas, principalmente, esclareceu a maneira de se entender e regular setores com algumas poucas emrpesas. Publicou mais de 100 artigos acadêmicos em economia e finanças, além de seis livros sobre o assunto, a maioria dos quais publicada em vários países.

Os Laureados Históricos
1969 — Ragnar Anton Kittil Frisch (Noruega)
1969 — Jan Tinbergen (Holanda)
1970 — Paul Samuelson (Estados Unidos)
1971 — Simon Kuznets (Estados Unidos)
1972 — John Richard Hicks (Inglaterra)
1972 — Kenneth Arrow (Estados Unidos)
1973 — Wassily Leontief (Estados Unidos)
1974 — Gunnar Myrdal (Suécia)
1974 — Friedrich Hayek (Áustria)
1975 — Leonid Kantorovich (Rússia)
1975 — Tjalling Koopmans (Estados Unidos)
1976 — Milton Friedman (Estados Unidos)
1977 — Bertil Ohlin (Suécia)
1977 — James Edward Meade (Inglaterra)
1978 — Herbert Simon (Estados Unidos)
1979 — Theodore Schultz (Estados Unidos)
1979 — William Arthur Lewis (Inglaterra)
1980 — Lawrence Robert Klein (Estados Unidos)
1981 — James Tobin (Estados Unidos)
1982 — George Joseph Stigler (Estados Unidos)
1983 — Gérard Debreu (França)
1984 — Richard Stone (Inglaterra)
1985 — Franco Modigliani (Itália)
1986 — James McGill Buchanan Jr. (Estados Unidos)
1987 — Robert Solow (Estados Unidos)
1988 — Maurice Allais (França)
1989 — Trygve Magnus Haavelmo (Noruega)
1990 — Harry Max Markowitz (Estados Unidos)
1990 — Merton Howard Miller (Estados Unidos)
1990 — William Forsyth Sharpe (Estados Unidos)
1991 — Ronald Coase (Inglaterra)
1992 — Gary Stanley Becker (Estados Unidos)
1993 — Robert Fogel (Estados Unidos)
1993 — Douglass North (Estados Unidos)
1994 — Reinhard Selten (Alemanha)
1994 — John Forbes Nash (Estados Unidos)
1994 — John Harsanyi (Hungria)
1995 — Robert Lucas, Jr. (Estados Unidos)
1996 — James Mirrlees (Inglaterra)
1996 — William Vickrey (Estados Unidos)
1997 — Robert Carhart Merton (Estados Unidos)
1997 — Myron Scholes (Canadá)
1998 — Amartya Sem (Índia)
1999 — Robert Mundell (Canadá)
2000 — James Heckman (Estados Unidos)
2000 — Daniel McFadden (Estados Unidos)
2001 — George Arthur Akerlof (Estados Unidos)
2001 — Michael Spence (Estados Unidos)
2001 — Joseph Stiglitz (Estados Unidos)
2002 — Daniel Kahneman (Israel)
2002 — Vernon Smith (Estados Unidos)
2003 — Robert Engle (Estados Unidos)
2003 — Clive Granger (País de Gales)
2004 — Finn Kydland (Noruega)
2004 — Edward Prescott (Estados Unidos)
2005 — Robert Aumann (Israel)
2005 — Thomas Schelling (Estados Unidos)
2006 — Edmund Phelps (Estados Unidos)
2007 — Leonid Hurwicz (Estados Unidos)
2007 — Eric Maskin (Estados Unidos)
2007 — Roger Myerson (Estados Unidos)
2008 — Paul Krugman (Estados Unidos)
2009 — Elinor Ostrom (Estados Unidos)
2009 — Oliver Williamson (Estados Unidos)
2010 — Peter Diamond (Estados Unidos)
2010 — Dale Mortensen (Estados Unidos)
2010 — Christopher Pissarides (Chipre)
2011 — Thomas Sargent (Estados Unidos)
2011 — Christopher Sims (Estados Unidos)
2012 — Alvin Roth (Estados Unidos)
2012 — Lloyd Shapley (Estados Unidos)
2013 — Eugene Fama (Estados Unidos)
2013 — Lars Peter Hansen (Estados Unidos)
2013 — Robert Shiller (Estados Unidos)
2014 — Jean Tirole (França)
2015 — Angus Dalton (Escócia)

Distribuição Dos Prêmios Por Países
47
— Estados Unidos (62,67%)
06
— Inglaterra (8%)
03
— França (4%)
02
— Canadá — Israel — Noruega — Suécia (2,67%)
01
— Alemanha — Áustria — Chipre — Escócia — Holanda — Hungria — Índia — Itália — País de Gales — Rússia



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados