banner-topo

O Prêmio Nobel de Economia de 2016 foi para um britânico e um finlandês

nobel-de-economia1Prêmio Nobel De Economia

10/10/2016 — Oliver Hart, de 68 anos, e Bengt Holmström, de 67, venceram o Prêmio Nobel de Economia 2016. O primeiro é britânico e professor da Universidade de Harvard, Estados Unidos. O segundo é finlandês e professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, também nos Estados Unidos. O Nobel de Economia vale aos vencedores oito milhões de coroas suecas, o equivalente a R$ 3.028.000,00. De acordo com o comunicado da academia sueca, “as novas ferramentas teóricas criadas pelo Hart e pelo Holmstroem são valiosas para a compreensão dos contratos e instituições da vida real, bem como armadilhas potenciais no projeto de contrato”.

OLIVER SIMON D´ARCY HART nasceu no dia 09 de outubro de 1948, na cidade de Londres, Inglaterra, Reino Unido. Graduou-se em matemática na Universidade de Cambridge em 1969. Em 1972, obteve o mestrado em economia na Universidade de Warwick, da sua cidade natal. Em 1974, foi para os Estados Unidos, obtendo o doutorado na Universidade de Princeton, em Nova Jersey. De volta ao seu país, tornou-se professor na Escola de Economia de Londres. Em 1984, voltou para os Estados Unidos para dar aulas no Instituto de Tecnologia de Massachusets. Em 1993, transferiu-se para a Universidade de Harvard. Escreveu o livro “Empresas, contratos e Estrutura Financeira”, publicado pela Universidade de Oxford em 1995.

BENGT ROBERT HOLMSTROM nasceu no dia 18 de abril de 1949, na cidade de Helsinke, capital da Finlândia. Graduou-se em matemática na universidade da sua cidade natal. Em 1975, obteve a licenciatura na Universidade de Stanford, Estados Unidos, onde também obteve o doutorado em 1975. Em 1994, foi contratado para dar aulas no Instituto de Tecnologia de Massachusetes, nos Estados Unidos, no qual desenvolveu o seu principal trabalho: a teoria geral dos contratos. Até 2012, pertenceu ao conselho de administração da Nokia, uma empresa do seu país, gigante mundial da tecnologia de comunicações. Escreveu vários artigos e trabalhos na área da economia.

Os Laureados Da Década
2015 — Angus Deaton (Escócia)
2014 — Jean Tirole (França)

2013 — Eugene Fama (Estados Unidos)
2013 — Lars Peter Hansen (Estados Unidos)
2013 — Robert Shiller (Estados Unidos)

2012 — Alvin Roth (Estados Unidos)
2012 — Lloyd Shapley (Estados Unidos)

2011 — Christopher Sims (Estados Unidos)
2011 — Thomas Sargent (Estados Unidos)

2010 — Christopher Pissarides (Reino Unido)
2010 — Dale Mortensen (Estados Unidos)
2010 — Peter Diamond (Estados Unidos)



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados