banner-topo

Anaxímenes, o filósofo grego, autor da doutrina da existência dos mundos

anaximenes1Anaxímenes

ANAXÍMENES DE MILETO nasceu em dia, mês e ano incertos e morreu em dia e mês incertos do ano de 528 a.C., na cidade de Mileto, Jônia (território da atual Turquia).

Último representante da escola de Mileto, sucessor de Anaximandro. Para ele, o princípio originário de todas as coisas seria o ar infinito, que teria sobre o princípio da água — formulado pelo seu conterrâneo Tales — a vantagem de ser dotado de difusão ilimitada. Além disso, considerava o universo um ser vivo. As múltiplas coisas seriam produzidas através de um processo mecânico, de condensação e rarefação do ar. Atribui-se a ele também o aperfeiçoamento do relógio solar e a doutrina da existência dos mundos, inumeráveis, gerados e destruídos pelo processo de rarefação e condensação.

Usou suas observações e o raciocínio para analisar as causas de outros fenômenos naturais. Terremotos, para ele, resultariam da falta de umidade, que causa a fratura na terra, ou por excesso de umidade, que também causa fratura pelo excesso de água. Em ambos os casos, a terra se torna fraca e os montes entram em colapso, causando os eventos sísmicos. Os relâmpagos seriam causados por uma separação violenta, desta vez de nuvens pelo vento, decorrendo uma iluminação brilhante semelhante ao fogo. O arco-íris seria formado quando ar densamente comprimido é tocado pelos raios do sol. Esses exemplos mostram como o filósofo procurava uma visão mais completa da natureza, unificando as causas para diversos eventos que ocorressem, em vez de tratar cada um por si ou atribuindo as causas a deuses ou a uma natureza personificada. Deixou a obra Sobre a Natureza, que não sobreviveu.


 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados