banner-topo

Antístenes, o filósofo grego que preferia os corvos aos bajuladores

antistenes1Antístenes

Nasceu em dia e mês incertos do ano de 445 a. C. e morreu em dia e mês incertos do ano de 365 a.C. na cidade de Atenas.

Era filho de um ateniense com uma trácia. Na juventude, foi discípulo de Górgias e, depois, de Sócrates, em companhia do qual permaneceu até a sua condenação à morte. Jamais perdoou os responsáveis pela perseguição ao mestre. Sobreviveu à Batalha de Lêuctra em 371 a. C. Teria lecionado no Cinosarges, um ginásio destinado a atenienses filhos de mães estrangeiras, situado próximo ao Templo de Héracles. Suas obras, segundo alguns historiadores, ocupavam dez volumes, restando delas, porém, poucos fragmentos. Seu estilo favorito parece ter sido os diálogos, alguns deles ataques contundentes a contemporâneos, como Alcibíades, militar ateniense.

Foi o fundador da escola cínica e, mais tarde, foi mestre de Diógenes. Professava a doutrina do esforço associado à virtude, a qual colocava acima dos bens exteriores. Em sua escola, comentavam-se principalmente as obras homéricas e os mitos helênicos. Considerava Héracles (Hércules para os romanos) o protótipo do sábio. Tinha uma força considerável de sarcasmo e ironia, além do hábito de fazer trocadilhos. Dizia, por exemplo, que preferia ficar entre corvos (korakes) do que de bajuladores (kolakes), pois os primeiros devoram os mortos, enquanto os segundos devoram os vivos. Seu estilo, de acordo com os críticos, era puro e elegante. Alguns chegaram a escrever que Platão teria roubado diversas de suas ideias.


 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados