leon brunschvicg1Léon Brunschvicg

LÉON BEUNSCHVICG nasceu no dia 10 de novembro de 1869, na cidade de Paris, França. Morreu no dia 18 de janeiro de 1944, na cidade de Aix-les-Bains. Estudou no Liceu Condorcet, da capital francesa, onde recebeu prêmios de Ciência e Filosofia. Em 1891, licenciou-se em Letras e Ciência na Escola Normal Superior de Paris. Sua tese de doutoramento — “A Modalidade do Juízo” — foi apresentada na Universidade de Sorbonne em 1897, sendo publicada neste mesmo ano.

Em 1900, retornou a Paris para lecionar no liceu onde fez os primeiros estudos. Depois, transferiu-se para o Liceu Henrique IV e para a Escola Normal de Sévres. Em 1909, foi nomeado professor geral da Universidade de Sorbonne. Com exceção do período de 1914 a 1918, quando serviu como auxiliar nas Forças Armadas e como consultor do governo em assuntos educacionais, regeu várias cadeiras na Sorbonne. Foi um dos fundadores da Revista de Metafísica e Moral, publicada a partir de 1893, e da Sociedade Francesa de Filosofia, fato de 1901.

Em 1919, foi eleito para a Academia de Ciências Morais e Políticas, entidade que presidiu em 1932. Escritor prolífico, foi também responsável por várias edições do filósofo Blaise Pascal. Conhecido pelos trabalhos sobre o René Descartes e o Baruch Espinoza, foi uma figura relevante da vida intelectual francesa durante cerca de meio século. Ficou em Paris até a ocupação alemã, ocorrida em 1940, em decorrência da Segunda Guerra Mundial. Retirou-se, então, para o interior — Aix-les Bains —, onde morreu quatro anos depois. Entre as suas obras destacam-se: “Introdução à Vida do Espírito” (1923), “As Idades da Intelingência” (1934) e “Escritos Filosóficos” (1951).


 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados