ford vs ferrari p1Ford vs. Ferrari

19/11/2019 — O astro Matt Damon, um dos atores mais rentáveis do cinema em todos os tempos, está nos cinemas brasileiros com o filme “Ford vs. Ferrari”. Trata-se da biografia do ex-piloto Carroll Shelby, um dos principais nomes do automobilismo mundial na década de 1950. Na época, havia uma supremacia da Ferrari nas corridas mundiais. A Ford, então, contratou o Shelby, aposentado das pistas, para organizar uma equipe para fazer frente à escuderia italiana. A primeira coisa que ele fez foi contratar o piloto Ken Miles (Christian Bale), um ídolo nos Estados Unidos.

O Shelby, depois de brigar com os executivos da Ford, montou a própria empresa, famosa por ter fabricado o Mustang. Na primeira semana de exibição no Brasil, o filme foi visto por 102.209 pessoas e rendeu R$ 2,273 milhões. No mesmo período, nos Estados Unidos, faturou US$ 31,5 milhões. A bilheteria mundial fechou a primeira semana em US$ 53,9 milhões. O “Ford vs. Ferrari” é 83.º trabalho do Matt Damon como ator. Em 2019, também está nos cinemas americanos com a comédia “Jay e o Silencioso Bob Reboot”. Além disso, começou as filmagens do drama “Stillwater”, cuja estreia está prevista para o dia seis de novembro de 2020. Em janeiro do ano que vem começará as filmagens do drama “O Último Duelo”.

20190405Damon
MATTHEW PAIGE DAMON nasceu no dia oito de outubro de 1970, na cidade de Cambridge, Estado do Massachusetts, Estados Unidos. Além de ator, apresenta trabalhos como produtor e roteirista. Começou a carreira em 1988, num pequeno papel da comédia romântica “Três Mulheres, Três Amores”. A década de 1990 começou bastante intensa, com um papel de destaque no drama “Código de Honra”. O primeiro protagonista veio em 1997, com o personagem Will, do drama “Gênio Indomável”. Na história, ele é um jovem problemático, com passagens pela polícia, mas que se revela um gênio da matemática. Além de atuar, foi co-autor do roteiro, o que lhe valeu o Globo de Ouro nessa categoria.

Na década de 2000, passou a participar de diversos filmes de ação. Nesse período, destaca-se o “A Identidade Bourne”, lançado em 2002. No roteiro, ele é um agente secreto americano que, após ser baleado e ficar à beira da morte, acorda sem memória numa praia do Mar Mediterrâneo. O filme se tornou um grande sucesso e o colocou definitivamente na galeria dos grandes astros de Hollywood. Fez US$ 214 milhões nas bilheterias mundiais. Isso levou a três continuações, com o “A Supremacia Bourne”, de 2004, o “Ultimato Bourne”, de 2007, e o “Jason Bourne”, de 2016. Aliás, em 2016, o ele ganhou o Globo de Ouro de melhor ator pelo desempenho no ficção científica “Perdido Em Marte”. Na trama, ele interpreta o astronauta Mark Walley, que, após uma tempestade no planeta vermelho, é abandonado pelos colegas. O filme fez US$ 630,2 milhões na bilheteria mundial.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados