Imprimir
Categoria: Americanos Atores
Acessos: 40

inimigo intimo1Devil´s Own

10/09/2019 — O filme “Inimigo Íntimo” esteve em cartaz nos cinemas entre março e junho de 1997. De acordo com os números, fez US$ 140,8 milhões nas bilheteiras. Foi o trigésimo quarto crédito do ator Brad Pitt. Na trama, ele vive um jovem terrorista do Exército Republicano Irlandês, enviado aos Estados Unidos com a missão de comprar armamento para o grupo. Com nome falso, hospeda-se na casa do Tom O´Meara (Harrison Ford), um policial íntegro, de origem irlandesa.

O policial nem desconfia das atividades do hóspede. Recebe-o como a um filho, por causa da nacionalidade. Na convivência, o jovem terrorista começa a sentir uma atmosfera de família, coisa que jamais sonhou, pois o pai fora assassinado quando ele era um garoto. Por um momento, pensa em levar uma vida normal. No entanto, lembra-se que tem uma missão a cumprir e sabe que não pode se esquecer disso. Entre as curiosidades da produção, participantes relataram que houve uma briga feia entre o Brad Pitt e o Harrison Ford sobre quem seria o foco principal do roteiro. Os desentendimentos teriam sido resolvidos por advogados.

20190910Brad Pitt
WILLIAM BRADLEY PITT nasceu no dia 18 de dezembro de 1963, na cidade Shawnee, Estado do Oklahoma, Estados Unidos. Filho de um empresário do setor de transportes e de uma secretária de escola, começou a se interessar pelo teatro ainda na pré-adolescência. Na faculdade, cursou jornalismo e publicidade, mas não seguiu essas profissões. Com o objetivo de perseguir a carreira artística, mudou-se para a cidade de Los Angeles. A primeira oportunidade no cinema aconteceu em 1987, num papel não creditado do filme “Um Pacto dos Diabos”, uma comédia de fantasia. No mesmo ano, participou de diversas produções para a televisão, entre elas a série “Dallas”.

Em 1988, apareceu muito bem no drama romântico “Príncipe da Sombras”. Na década de 1990, participou de 21 produções, na maioria das quais como protagonista. Os destaques do período vão para os dramas “Lendas da Paixão”, de 1994, “Inimigo Íntimo”, de 1997, e “Clube da Luta”, de 1999. Pelo desempenho no ficção científica “Os Doze Macacos”, faturou o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante em 1996. A década de 2000 também foi bastante intensa, com 20 participações no cinema e na televisão. Brilhou, por exemplo, em 2004, na pele do mitológico Aquiles, no drama histórico “Troia”. Além disso, fez, em 2009, o protagonista Aldo Raine, do drama de guerra “Bastardos Inglórios”. Em 2019, apareceu na comédia “Era Uma Vez Em Hollywood”. Também terminou a aventura espacial “Ad Astra”.