jogo de espioesSpy Game

11/09/2019 — O filme “Jogo de Espiões” esteve em cartaz nos cinemas brasileiros entre março e junho de 2002. Fez R$ 3,250 milhões nas bilheterias nacionais. Mundialmente, faturou US$ 143 milhões. A trama traz o já veterano Robert Redford no papel do protagonista Nathan Muir, um agente da CIA em fim de carreira. Antes de pendurar as chuteiras, ele precisa resgatar um companheiro mais jovem (Brad Pitt), capturado durante uma missão na China. Em luta contra o tempo, o veterano começa a se lembrar dos tempos em que treinou o agente e de como foram separados pela traição de uma mulher. O roteiro explica como a CIA se livra de assuntos que podem comprometê-la. Foi o 61.º trabalho do Robert Redford como ator.

20190911Redford
CHARLES ROBERT REDFORD JR. nasceu no dia 18 de agosto de 1936, na cidade de Santa Mônica, Estado da Califórnia. Antes da fama, trabalhou como garçom e, depois, como artista plástico. De espírito aventureiro, viveu, mais tarde, na França, na Espanha e na Itália. De volta ao seu país, resolveu ingressar na Academia de Arte Dramática de Nova York, com o objetivo de se tornar ator. Começou a atuar profissionalmente no início da década de 1950, no teatro. Na televisão, estreou em 1960, num episódio da série “Maverick”. No mesmo ano, fez uma ponta, num papel não creditado do filme “Até os Fortes Vacilam”, uma comédia esportiva.

Depois de várias séries de tevê e participação em filmes de menor expressão, emplacou o primeiro protagonista na comedia romântica “Descalços No Parque”, na qual fez par com a Jane Fonda. A partir daí, tornou-se um dos atores mais requisitados do cinema americano. Entre os seus trabalhos mais importantes dessa época, destaca-se o drama “À Procura do Destino”, de 1965, com o qual ganhou o Globo de Ouro de ator revelação. Também, em 1970, faturou o Bafta (o Oscar britânico) de melhor ator pelo desempenho no faroeste “Butch Cassidy”. Em 1980, estreou como diretor no drama “Gente Como a Gente”. O trabalho lhe conferiu o Globo de Ouro. Até 2019, registra 81 créditos como ator, dez créditos como diretor e 52 créditos como produtor.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados