Olivia de Havilland

26/07/2020 — Morreu nesta data, na cidade de Paris, França, a atriz Olivia de Havilland. Ela tinha 104 anos. Segundo a revista especializada em cinema The Hollywood Reporter, a artista morreu de causas naturais, em sua casa. Depois de se aposentar em 1988, fez poucas aparições públicas. Apareceu apenas em 2003 para participar da cerimônia de entrega do Oscar número 75. Filha de pais ingleses, a OLIVIA MARY DE HAVILLAND nasceu no dia 1.º de julho de 1916, na cidade de Tóquio, capital do Japão. Naturalizada norte-americana, cresceu no Estado da Califórnia. Vivia em Paris desde 1953. Em 2008, recebeu do então presidente americano, George W. Bush, a Medalha Nacional das Artes.

A láurea foi bastante merecida. Em toda a carreira participou de 61 produções para o cinema e para a televisão. Estreou no cinema em 1935, num papel de destaque da comédia romântica “Esfarrapando Desculpas”. No final da década, em 1939, ganhou fama mundial com a personagem Melanie Hamilton, do drama de guerra “... E o Vento Levou”. A personagem era a prima da protagonista Scarlet O´Hara, vivida pela atriz britânica Vivien Leigh. O reconhecimento da crítica ao trabalho dela veio com dois Óscares de melhor atriz. O primeiro aconteceu em 1947 pelo desempenho no drama “Só Resta Uma Lágrima” e o outro em 1950 pelo desempenho no drama “Tarde Demais”. Em 1986, com 70 anos, ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante pelo desempenho na série “Anastácia: O Mistério da Ana”.

e o vento levou1


 

Atrizes Americanas

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados