Imprimir
Categoria: Atrizes Novaiorquinas
Acessos: 158

Paula
20190524

PAULA KELLY nasceu no dia 21 de outubro de 1943, na cidade de Jacksoville, Flórida, Estados Unidos.  Além de atriz, foi cantora e dançarina. Filha de um músico de jazz, mudou-se com o pai para a cidade de Nova York ainda criança. Na capital do mundo, além dos estudos formais, estudou música e arte. Na faculdade, fez mestrado em dança moderna. Estreou na Broadway, o circuito de musicais novaiorquino, em 1964, com o musical “Something More”. Tornou-se em pouco tempo uma referência para os palcos. Essa fama a levou para o cinema e a televisão. No cinema, estreou em 1969, no drama musical “Charity, Meu Amor”. Na tevê, foi indicada, em 1984, ao prêmio Emmy de melhor atriz pelo desempenho na série “Tribunal Noturno”.

Também foi muito elogiada pela crítica em 1989 pela participação na série “As Mulheres de Brewster Place”. Na trama, ela viveu uma lésbica em luta contra a homofobia num gueto do centro da cidade. Pelo desempenho, recebeu a segunda indicação ao prêmio Emmy de melhor atriz. Teve atuação expressiva até 1999, quando se afastou dos palcos, do cinema e da televisão. No total, na carreira, são cinquenta créditos como atriz. Também trabalhou como coreógrafa nos filmes “Um Doido Genial” (1970) e “Peter Pan” (1976). Como modelo fotográfico, posou para a edição de agosto de 1969 da Playboy. Celebrizou-se pelo fato de ter sido a primeira a mostrar, na revista, os pelos pubianos. Na Playboy brasileira apareceu na edição de janeiro de 1989, como parte do ensaio “A Constelação dos Anos 60”.

Principais Filmes
1969  CHARITY, MEU AMOR
1971  O ENIGMA DE ANDRÔMEDA
1972  O TERRÍVEL MISTER T
1973  NO MUNDO DE 2020
1974  O PREÇO DA OUSADIA
1976  PETER PAN
1986  NOS PALCOS DA VIDA
1993  ROMANCE ARRISCADO
1994  ESQUADRÃO SOLTO