Imprimir
Categoria: Cineastas Estrangeiros
Acessos: 3246

cuaron1Alfonso Cuarón

27/01/2014 — O diretor Alfonso Cuarón venceu o prêmio máximo do Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos com o filme Gravidade, sucesso mundial de 2013. Com isso, a saga espacial está um passo adiante de Trapaça e 12 Anos de Escravidão, os concorrentes diretos aos prêmios mais recentes. O diretor, como se recorda, ganhou o Globo de Ouro. O seu filme foi indicado para dez categorias do Oscar 2014. Gravidade é um suspense de ficção científica, que acontece no espaço sideral. É estrelado por Sandra Bullock e George Clooney. Eles são dois astronautas sobreviventes numa estação espacial danificada. Estreou nos cinemas no dia 4 de outubro de 2013. Orçado, em US$ 100 milhões, arrecadou nas bilheterias mundiais mais de US$ 716 milhões.

cuaron2Alfonso Cuarón Orozco nasceu no dia 28 de novembro de 1961, na Cidade do México. Cresceu numa casa perto dos Estúdios Churubusco na capital mexicana. Começou a filmar aos doze anos quando ganhou sua primeira câmera. Durante seus estudos no Centro Universitário de Estudos Cinematográficos, conheceu o diretor Carlos Marcovich e o fotógrafo Emmanuel Lubezki. Com eles, realizou seu primeiro curta-metragem, Vengeance is Mine. O filme gerou controvérsias por ter sido feito em inglês. Esta e outras razões fizeram com que ele fosse expulso do centro de estudos. Depois disso, trabalhou como empregado em um museu e como assistente de direção em outros filmes.

Depois de dirigir uma série de televisão em seu país, chamou a atenção dos produtores americanos. Em Hollywood, dirigiu alguns programas de televisão até assinar um contrato com a Warner Brothers para dirigir Lentes do Amor, com Meg Ryan, mas, ao ler o roteiro, preferiu levar adiante o projeto de A Princesinha, em 1995. O sucesso mundial veio, porém, somente em 2004, com a direção de Harry Porter e o Prisioneiro de Azkaban. Este é, inclusive, o seu filme de maior bilheteria, com quase US$ 800 milhões de arrecadação mundial. Filhos da Esperança, de 2006, foi um sucesso de crítica. Realista e humano, a produção foi muito bem recebida também público. Recebeu várias indicações para o Oscar.

cuaron3Filmes/Bilheteria
1995 — A Princesinha: US$ 10,1 milhões (EUA)
1998 — Grandes Esperanças: US$ 258,7 mil (EUA)
2001 — E Sua Mãe Também: US$ 33,6 milhões (mundial)
2004 — Harry Potter o Prisioneiro de Azkaban: US$ 796,7 milhões (mundial)
2006 — Filhos da Esperança: US$ 69,9 milhões (mundial)
2013 — Gravidade: US$ 716 milhões (mundial)