20190412Amor de Mãe

12/03/2019 — Depois de cinco anos fora das tramas noveleiras, a atriz Taís Araújo deverá ser uma das estrelas da nova atração da faixa das 21 horas da TV Globo, com título provisório de “Amor de Mãe”. Essa novela substituirá a “O Sétimo Guardião”, cujo término ainda não foi anunciado. Escrita pela roteirista Manoela Dias, a nova novela contará a história de três mulheres. Além da Taís, estarão na trama a Adriana Esteves e a Regina Casé. A mulata carioca viverá uma mulher rica e sofisticada, com rendimentos mensais por volta dos R$ 200 mil, em contraposição à Adriana (R$ 20 mil) e à Regina (R$ 2 mil). Desde 2015, ela vinha se dedicando, principalmente, à série “Mister Brau”. Em 2019, continuou como apresentadora em dez edições do “Pop Star”.

Taís Araújo
TAÍS BIANCA GAMA DE ARAÚJO RAMOS nasceu no dia 25 de novembro de 1978, na cidade do Rio de Janeiro. Descendente de africanos, austríacos e portugueses, é filha do Ademir de Araújo, economista, e da Mercedes de Araújo, pedagoga. Durante a infância, viveu com a família no bairro carioca do Méier. Até os oito anos, estudou em escolas privadas. Em grande parte da sua adolescência e juventude viveu na Barra da Tijuca. Formou-se em jornalismo na Universidade Estácio de Sá. Iniciou as atividades artísticas no teatro aos onze anos de idade, começando no teatro amador juntamente com amigos do condomínio onde residia. Durante a adolescência, participou ativamente de duas companhias teatrais. Sua primeira personagem em telenovelas foi na trama “Tocaia Grande”, da Rede Manchete.

Alguns meses depois, Walter Avancini tornou-se responsável pela direção da telenovela “Xica da Silva”, que, até então, permanecia sem atriz para atuar como protagonista. Tornou-se, assim, a primeira negra a ser protagonista de uma telenovela brasileira. Por esse trabalho, realizado quando tinha apenas dezessete anos, ficou conhecida internacionalmente, chegando a ser eleita um dos cinquenta rostos mais bonitos do mundo pela edição espanhola da revista People. Em 2004, foi também a primeira protagonista negra duma telenovela da Rede Globo, atuando na “Da Cor do Pecado”, a produção brasileira mais vendida para o exterior até 2012. Em 2004, ganhou o prêmio de melhor atriz do Festival de Gramado, pela atuação no filme Filhas do Vento. Em 2015, associou-se ao marido Lázaro Ramos na produção do seriado musical “Mister Brau”. Em 2018, o programa entrou na quarta temporada, com bons índices de audiência. Paralelamente, a atriz terminou a participação no filme “Romance Brasil”.


Carioquinhas

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados