a-mulher-do-rio p1Sophia Loren

04/07/2013 — A Cult Filmes está mandando para as lojas dois DVDs com clássicos da exuberante atriz italiana Sophia Loren. São os filmes A Mulher do Rio (Woman Of The River) e O Condenado de Altona (I sequestrati di Altona), de 1955 e 1962, respectivamente. A atriz participou de quase cem filmes entre 1950 e 2009. Começou com papéis pequenos, até mesmo figurações, como em Quo Vadis?, em 1951. Em 1955, quando fez A Mulher do Rio, ela já era uma estrela e, naquele momento, disputava com Gina Lollobrigida o troféu da sensualidade à italiana. Além da beleza, seu talento também foi incontestável. Tanto que ganhou o Oscar de melhor atriz em 1962, pelo desempenho em Duas Mulheres.

sophia-loren in3SOPHIA LOREN nasceu no dia 20 de setembro de 1934, na cidade de Roma, Itália.

Ainda jovem decidiu ser atriz e seu sonho era trabalhar ao lado de grandes artistas como Tyrone Power, Cary Grant, Rita Hayworth e Gene Kelly. Aos catorze anos teve seu primeiro contato com o mundo do estrelato. Por ser muito bonita, sua mãe a inscreveu em um concurso de beleza. Dentre as duzentas candidatas, ela foi escolhida a mais bonita, chamando assim a atenção dos agenciadores. Sua estréia no cinema foi em Quo Vadis (1950), atuando como figurante. Mas somente quatro anos depois em Ainda seu talento foi revelado ao público. Logo em seguida foi convidada pelo diretor Vittorio de Sica para fazer parte de O Ouro de Nápoles (1954), marcando o início de uma parceria que rendeu ótimos filmes.

Depois, foi convidada outra vez por De Sica para fazer uma produção, agora ao lado de Marcello Mastroianni. Sua estréia no cinema americano foi em 1957, com o filme The Pride and the Passion, ao lado de Cary Grant e Frank Sinatra. O filme lhe abriu as portas do cinema hollywoodiano. No mesmo ano, casou-se com seu empresário Carlo Ponti. Recebeu sua primeira indicação para o Oscar em 1962 pelo filme Duas Mulheres, levando para casa a estatueta de melhor atriz. Três anos depois, foi indicada mais uma vez por sua atuação em Matrimônio à Italiana (1965), mas dessa vez não levou o prêmio. A atriz ganhou em 1988 o prêmio Leão de Ouro pela sua carreira brilhante.

Já nos anos de 1990 a sua carreira foi reconhecida pelo cinema americano, recebendo da Academia de Artes Cinematográficas o Oscar especial pelo conjunto de sua obra. Casada com Carlo Ponti, teve dois filhos, Carlo Jr. e Edoardo. Ambos trabalham com cinema: o primeiro é diretor e o segundo, produtor. Sophia Loren é considerada uma das atrizes mais amadas e exuberantes da história do cinema, com uma carreira de mais de cinquenta anos. A mulher Sophia, que competiu nos anos de 1960 com Marilyn Monroe e Jane Fonda, foi considerada em 1999 pela revista People a mulher mais bela, sensual e talentosa dos últimos tempos. Em julho de 2013, o filho e cineasta Edoardo Ponti anunciou que ela iria ser a protagonista do seu novo filme, o curta-metragem A Voz Humana.

sophia-loren in4Principais filmes
1950 — Totó e o Barba Azul
1950 — Corações ao Mar
1951 — Quo Vadis
1952 — A Favorita
1953 — Noites de Cleópatra
1954 — Confusões à Italiana
1955 — A Bela Moleira
1955 — A Mulher do Rio
1957 — A Lenda dos Desaparecidos
1957 — Orgulho e Paixão
1958 — Desejo
1959 — Mulher Daquela Espécie
1960 — Duas Mulheres
1961 — El Cid
1962 — O Condenado de Altona
1964 — Ontem, Hoje e Amanhã
1964 — A Queda do Império Romano
1964 — Matrimônio à Italiana
1967 — Felizes Para Sempre
1967 — A Condessa de Hong Kong
1970 — Os Girassóis da Rússia
1971 — A Mulher do Padre
1972 — O Homem de La Mancha
1974 — Viagem Proibida
1976 — A Travessia de Cassandra
1977 — Um Dia Muito Especial
1994 — Prêt-a-Porter
1995 — Dois Velhos Mais Rabugentos


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados