20180801 chape gol1 copaCorinthians 1 x 0 Chapecoense

01/08/2017 — Jogando em seus domínios, o Sport Club Corinthians Paulista venceu a Associação Esportiva Chapecoense por um a zero. O gol corintiano foi marcado pelo atacante Ángel Romero, aos seis minutos. O boletim financeiro indica que 23.624 torcedores pagaram ingresso para verem a partida, propiciando a arrecadação de R$ 931.506,17. Embora tenha sido importante, a magra vitória não dá muitas garantias para o alvinegro. Para o segundo embate, marcado para o dia 15/08, na cidade de Chapecó, leva apenas a vantagem de jogar pelo empate. Para ganhar o jogo, o técnico Osmar Loss mandou ao campo: Cássio Ramos; Fagner Lemos, Pedro Henrique Gonçalves, Henrique Buss e Danilo Avelar; Gabriel Franco, Douglas Soares e Pedrinho Silva (Emerson Sheik); Jadson Silva (Angelo Araos), Ángel Romero e Mateus Vital.

Oitavas de Final
10/05/2018 — Depois de quatro partidas sem resultado positivo, o Corinthians voltou a vencer. No Itaquera, pela Copa do Brasil, passou pelo Esporte Clube Vitória por três a um. Os gols corintianos foram marcados pelo volante Maycon Barberan, aos trinta e nove minutos, e pelo atacante Ángel Romero, aos cinquenta e oito e aos sessenta e seis. O público registrou 29.625 pagantes, o que proporcionou a renda bruta de R$ 1.280.969,60. O técnico Fábio Carille escalou: Cássio Ramos; Fagner Lemos, Fabián Balbuena, Henrique Buss e Sidcley Pereira; Ralf Teles (Gabriel Franco), Maycon Barberan e Jadson Silva (Matheus Vital); Ángel Romero, Roriguinho Marinho e Clayson Vieira (Emerson Sheik). No primeiro jogo, no dia 25 de abril, houve empate em zero a zero. Pela passagem de fase, o Corinthians embolsou R$ 3 milhões da Confederação Brasileira de Futebol.

Corinthians & Copa
O Corinthians venceu três vezes o torneio da Copa do Brasil, nos anos de 1995, 2002 e 2009. Em 2009, na primeira fase, passou pelo Itumbiara, de Goiás. Depois, na segunda fase, ganhou do Misto Esporte Clube, do Mato Grosso do Sul. Nas oitavas de final, perdeu o primeiro jogo para o Atlético Paranaense, por dois a três, mas ganhou o segundo por dois a zero. Nas quartas de final, o adversário foi o Fluminense. Ganhou a primeira partida, em São Paulo, por um a zero, e empatou a segunda, no Rio de Janeiro, em dois a dois. Nas semifinais, com o Vasco da Gama, registraram-se dois empates em um a um e zero a zero. A classificação para a final aconteceu através dos critérios de desempate. Na final, contra o Internacional. venceu, em São Paulo, por dois a zero, e empatou, em Porto Alegre, em dois a dois. O artilheiro do time na competição foi o lateral André Santos, com três gols.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados