banner-topo

Com noite do Lucas Pratto, o São Paulo consegue uma vitória suada contra o São Bento

São Paulo 3 x 2 São Bento

21/02/2017 — Pela quinta rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo Futebol Clube venceu, no Morumbi, a equipe do São Bento. O tricolor vinha de um empate contra o Mirassol no jogo anterior e quase deixou a história se repetir. O “azulão” marcou primeiro, mas o Lucas Pratto, em noite inspiradíssima, empatou com um golaço de cabeça de cabeça. Depois, ele mesmo tratou de virar o jogo. Os beneditinos, porém, empataram de novo. A salvação veio quase no final da partida com um pênalti providencial marcado pelo árbitro da partida e convertido pelo meia-armador Christian Cueva. Com o resultado, o São Paulo se isolou no primeiro lugar do Gupo B, com 10 pontos. O segundo lugar pertence à Ferroviária, com quatro, seguida do Linense (03) e do Red Bull Brasil (02). O próximo compromisso será no dia 25/02/2017 contra o Novorizontino.

20170218 sao-bento2Ficha Técnica
LOCAL: Estádio do Morumbi (São Paulo)
DATA: 21 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 20h30
PÚBLICO PAGANTE: 14.011
RENDA: 339.959,00 (reais)

ÁRBITRO: Vinicius Furlan
ASSISTENTE 1: Rogério Pablos Zanardo
ASSISTENTE 2: Daniel Luis Marques

FALTAS: 13 (São Paulo) — 12 (São Bento). TOTAL: 25
CARTÕES AMARELOS (SPFC): Cícero Santos — Júlio Buffarini
CARTÕES AMARELOS (ECSB): Denner Barbosa, Gabriel Santos e Luiz Paulo Pitty
GOLS (SPFC): Lucas Pratto (10 e ) e Rodrigo Caio (52)
GOLS (MFC): Raphael Lucas (27 e 49) e Christian Cueva (86)

SÃO PAULO F. C.: Sidney “Sidão” Silva, Júlio Buffarini, Rodrigo Caio Russo, Maicon Roque e Carlos Junior Tavares Santos (Bruno Nascimento); João Schmidt Urbano, Thiago Mendes Ribeiro e Cícero Santos; Luiz Araújo Guimarães (Andrés Chavez), Christian Cueva Bravo (Felipe Araruna Hoffmann) e Lucas Pratto. TÉCNICO: Rogério Ceni.

20170218 sao-bento1Lucas Pratto, O Nome Do Jogo
LUCAS DAVID PRATTO
fez a sua segunda partida no São Paulo Futebol Clube. Na estréia, contra o Mirassol, já havia se destacado, marcando um dos gols tricolores do empate de dois a dois. Desta vez, marcou um golaço, de “peixinho”, demonstrando incrível presença de área. Depois, marcou outro. Com três gols em dois jogos, atinge 150% de aproveitamento. Junto com o Cueva, é o artilheiro. Pratto nasceu no dia 04 de junho de 1988, na cidade de La Plata, Argentina. Começou a carreira profissional em 2007, no Clube Atlético Boca Júniors. Em 2008, foi para o Fotballklubben Lyn Oslo, da Noruega, onde ficou até 2009. Depois de passar pelo Genoa F. C., da Itália (2011-2013), voltou para o seu país para jogar pelo Vélez Sarsfield. Foi para o Atlético Mineiro em 2015. Tem 359 jogos disputados e 121 gols marcados (33,7% de aproveitamento).


No Morumbi, o São Paulo deixou escapar a vitória diante do Mirasssol

São Paulo 2 x 2 Mirassol

18/02/2017 — Parecia que, novamente, os comandados do Rogério Ceni iriam brindar a torcida com outra atuação de gala, como ocorrera contra a Ponte Preta e contra o Santos. Isso ficou mais certo ainda quando, aos dez minutos, o time fez o primeiro gol, através do estreante da noite, o centroavante Lucas Pratto. Estava muito bom para as mais de quarenta mil pessoas presentes no Morumbi. As coisas ficaram melhores ainda com o segundo gol logo aos sete minutos da segunda etapa. Período de relaxamento, falha do zagueiro Maicon, ao tentar sair jogando. Primeiro gol do adversário. Tudo caminhava para uma vitória, quando, aos 47, veio empate, numa nova falha da defesa. Muito embora a decepção, o time permanece tranquilo como líder do Grupo B, com sete pontos. É seguido pela Ferroviária (04), Linense (03) e Red Bull Brasil (02).

20170218 mirassol1Ficha Técnica
LOCAL: Estádio do Morumbi (São Paulo)
DATA: 18 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 19h30
PÚBLICO PAGANTE: 43.961
RENDA: 1.178.846,00 (reais)
ÁRBITRO: Leandro Bizzio Marinho
ASSISTENTE 1: Anderson José de Moraes Coelho
ASSISTENTE 2: Evandro de Melo Lima
CARTÕES AMARELOS (SPFC): Bruno, Júnior Tavares, Luiz Araújo e Rodrigo Caio
CARTÕES AMARELOS (MFC): Zé Roberto
GOLS (SOFC): Lucas Pratto (10) e Rodrigo Caio (52)
GOLS (MFC): Raphael Lucas (75) e Xuxa Rissardo (92)
SÃO PAULO F. C.: Sidney “Sidão” Silva, Bruno Nascimento, Rodrigo Caio Russo, Maicon Roque e Carlos Junior Tavares Santos; João Schmidt Urbano, Thiago Mendes Ribeiro e Cícero Santos (Júlio Buffarini); Luiz Araújo Guimarães (Neilton Mestzk), Christian Cueva Bravo (Lucas Fernandes Silva) e Lucas Pratto. TÉCNICO: Rogério Ceni.

20170218 mirassol1Lucas Pratto, O Nome Do Jogo
LUCAS DAVID PRATTO
fez a sua estreia no São Paulo Futebol Clube, após ser contratado junto ao Atlético Mineiro. Centroavante nato, mostrou as suas qualidades ao marcar o primeiro gol com a camisa do tricolor. Ainda faria outro, mas estava um pouco à frente da zaga adversária, condição que o colocou em impedimento. Demonstrou que poderá ser bastante útil, não só no Paulistão, mas também na Copa do Brasil e no Brasileirão. Nasceu no dia 04 de junho de 1988, na cidade de La Plata, Argentina. Começou a carreira profissional em 2007, no Clube Atlético Boca Júniors. Em 2008, foi para o Fotballklubben Lyn Oslo, da Noruega, onde ficou até 2009. Depois de passar pelo Genoa F. C., da Itália (2011-2013), voltou para o seu país 


O São Paulo joga o fino da bola, goleia, vence e convence no Campeonato Paulista

20170212 ponte-pretaSão Paulo 5 x 2 Ponte Preta

12/02/2017 — Se tem o dedo do técnico, não se sabe. Mas o São Paulo mudou da água para o vinho na sua segunda partida pelo Campeonato Paulista. Venceu, por goleada, a Ponte Preta, no Morumbi: cinco a dois. Embora o time campineiro tenha começado na frente, ao marcar aos 21 minutos do primeiro tempo, os são-paulinos continuaram com um toque de bola perfeito, tendo como destaque o meia-armador Christian Cueva. Assim, a “virada” aconteceu ainda na etapa inicial. Para o segundo tempo, a equipe do Rogério Ceni voltou com a mesma intensidade e não deu chances para a reação da “macaca”. De acordo com o boletim financeiro, 50.952 torcedores pagaram ingresso para ver a partida, propiciando a arrecadação de R$ 1,3 milhão. O próximo compromisso será no dia 15/02/2017 contra o Santos, na Vila Belmiro.

20170212 ponte-pretaFicha Técnica
LOCAL: Estádio do Morumbi (São Paulo)
DATA: 12 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 17 horas
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto
ASSISTENTE 1: Marcelo Van Gasse
ASSISTENTE 2: Alex Ang Ribeiro
CARTÕES AMARELOS (SPFC): Cícero Santos
CARTÕES AMARELOS (AAPP): Kadu e Nino
GOLS (SPFC): Christian Cueva (32), Gilberto Júnior (43, 52 e 69), Thiago Mendes (56).
GOLS (AAPP): Matheus Jesus (21) e Lucca (87)
SÃO PAULO F. C.: Sidney “Sidão” Silva, Bruno Nascimento, Rodrigo Caio Russo, Maicon Roque e Carlos Junior Tavares Santos; João Schmidt Urbano, Thiago Mendes Ribeiro (Felipe Araruna Hoffmann), Cícero Santos (Diego Lugano Moreno) e Christian Cueva Bravo (Shaylon Cardozo), Luiz Araújo Guimarães e Gilberto Oliveira Júnior. TÉCNICO: Rogério Ceni.

20161105 CorinthiansO Nome Do Jogo
CHRISTIAN ALBERTO CUEVA BRAVO
tomou conta do meio-campo, armando todas as jogadas ofensivas do time tricolor. Ele mesmo, aos trinta e dois minutos, aproveitou uma tabela na área para fazer, “de sola”, o primeiro gol são-paulino. Depois, aos quarenta e três, deu o passe perfeito para o centroavante Gilberto finalizar. Cueva nasceu no dia 23 de novembro de 1991, na cidade de Trujillo, Peru. Profissionalizou-se em 2008 no Universidade São Martinho, da cidade de Lima. Em 2012, voltou para sua cidade natal para jogar no Universidade César Valejjo. Foi para a Espanha em 2013 para jogar no Rayo Valecano, de Madri. Depois de passar pelo Aliança de Lima (2014-2015) chamou a atenção no Toluca, do México, em 2016. Na carreira, são 264 jogos e 44 gols.


O São Paulo, pela terceira rodada do Paulistão, foi à Vila Belmiro e comeu filé de peixe

20170215 santosSantos 1 x 3 São Paulo

15/02/2017 — O técnico Rogério Ceni, aos poucos, vai colocando o São Paulo nos eixos. Desta vez, o time foi à Vila Belmiro e, de virada, ganhou do Santos por três a um. A partida teve os seus simbolismos. Há muito tempo, o tricolor não ganhava do rival nos domínios dele. Além disso, a promessa chamada Luiz Araújo começa a se transformar em realidade. No jogo, o Santos saiu na frente aos 10 minutos do primeiro tempo, com um gol do Jonathan Copete. O empate são-paulino veio aos 36, com o Christian Cueva cobrando uma penalidade máxima. A virada aconteceu aos 10 e aos 27 minutos, num ótimo desempenho do garoto Araújo. Com a virória, o São Paulo fortaleceu a sua condição de líder do Grupo B, com seis pontos. O segundo colocado é Clube Atlético Linense, com três.

Ficha Técnica
LOCAL: Estádio da Vila Belmiro (Santos)
DATA: 15 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 21h45
ÁRBITRO: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
ASSISTENTE 1: Anderson José de Moraes Coelho
ASSISTENTE 2: Bruno Salgado Rizo
CARTÕES AMARELOS (SFC): Zeca Gracco e Rodrigão Santos
CARTÕES AMARELOS (SPFC): Cícero Santos, Christian Cueva, Neilton Mestzk e Thiago Mendes
GOL (SFC): Jonathan Copete (10)
GOLS (SPFC): Christian Cueva (36) e Luiz Araújo (55 e 72)
SANTOS F. C.: Vladimir Araújo; Victor Ferraz Macedo, Lucas Veríssimo, Yuri Lima e José Carlos “Zeca” Gracco; Thiago Maia Alencar, Leandro Donizete Silva (Bruno Henrique Pinto), Vítor Bueno e Lucas Lima (Thiago Ribeiro Cardoso); Jonathan Copete Valência e Rodrigão Santos (Kayke Rodrigues). TÉCNICO: Dorival Silvestre Júnior.
SÃO PAULO F. C.: Sidney “Sidão” Silva, Júlio Buffarini, Rodrigo Caio Russo, Maicon Roque e Carlos Junior Tavares Santos; João Schmidt Urbano, Thiago Mendes Ribeiro (Felipe Araruna Hoffmann), Cícero Santos e Christian Cueva Bravo (Bruno Nascimento); Neilton Mestzk (Luiz Araújo Guimarães) e Gilberto Oliveira Júnior. TÉCNICO: Rogério Ceni.

20170215 santos2O Nome Do Jogo
LUIZ ARAÚJO GUIMARÃES
entrou no segundo tempo no lugar do Neilton Mestzk, que não esteve bem na primeira etapa. Com velocidade, deu nova feição à parte ofensiva do tricolor. Desse desempenho resultaram os gols da vitória da sua equipe. Com isso, passa de uma simples promessa para uma realidade palpável para a torcida tricolor. O jovem craque nasceu no dia 02 de junho de 1996, na cidade de Taquaritinga, interior de São Paulo. Começou a jogar em 2012 no Mirassol. Em 2013, foi contratado pelo São Paulo para integrar a equipe sub-20. Pelo tricolor disputou a Copa São Paulo em 2014, 2015. Em 2016, atuou pelo Novorizontino por empréstimo. De volta ao São Paulo, ao foi integrado ao elenco profissional. Já participou de trinta e uma partidas e marcou seis gols.

Campanha No Paulistão

GRÊMIO AUDAX |
PONTE PRETA
2 x 4 |
5 x 2

Na estreia oficial do Rogério Ceni no Paulistão, o São Paulo foi supreendido pelo Audax

20170205 audaxVelhinhos 2 x 4 Vermelhinhos

05/02/2017 — Ninguém esperava, mas o São Paulo Futebol Clube foi derrotado pelo Grêmio Audax na sua estreia no Campeonato Paulista 2017. O placar de 4 a 2 para o time de Osasco espelhou bem a superioridade técnica apresentada no campo. Pelo lado são-paulino, ficaram visíveis os erros coletivos e individuais. Os audaxianos, em dez minutos, já venciam por dois a zero. O centroavante Andrés Chavez empatou a partida aos 29 e aos 36 minutos. Mas, no segundo tempo, a coisa degringolou de vez com o terceiro gol do oponente, aos nove minutos. Para culminar, de pênalti, arrematou a partida, aos 29 minutos. Apenas 2.219 torcedores pagaram ingresso para ver o jogo, propiciando a arrecadação de R$ 102.288,00.

Ficha Técnica
LOCAL: Arena Barueri (Barueri)
DATA: 05 de fevereiro de 2017 (domingo)
HORÁRIO: 17 horas
ÁRBITRO: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
AUXILIAR 1: Miguel Cataneo Ribeiro (SP)
AUXILIAR 2: Gustavo Rodrigues Oliveira (SP)
CARTÕES AMARELOS: Rodrigo Caio (SPFC), Pedro Carmona e André Castro (GAO)
GOLS DO AUDAX: Marquinho (05), Pedro Carmona (09 e 74) e Felipe Rodrigues (54)
GOLS DO SÃO PAULO: Andrés Chavez (29 e 36)
PÚBLICO: 2.219 pagantes
RENDA: 102.288 reais
SÃO PAULO: Sydnei “Sidão” Silva; Bruno Vieira, Maicon Roque, Douglas Bacelar (João Schmidt) e Júlio Buffarini; Rodrigo Caio, Thiago Mendes e Christian Cueva; Wellington Nem (Cícero Snatos), Luiz Araújo e Andres Chavez (Gilberto Júnior). TÉCNICO: Rogério Ceni.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados