banner-topo

Na Copa do Brasil, o Palmeiras mostrou poder de reação diante do Cruzeiro

palmeiras-porco1 recorte4 3a x 3a recorte1

28/06/2017 — Jogando no Palestra Itália, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Palmeiras teve muitas dificuldades diante do Cruzeiro. O time mineiro virou o primeiro tempo com incríveis TRÊS a ZERO no placar, o que inviabilizavam, até então, as chances de classificação. Entretanto, no segundo tempo, os palmeirenses voltaram dispostos a buscarem o resultado. A reação veio na forma de três gols. Com o empate, mantém chances de classficiação na segunda partida, a ocorrer no dia 26 de julho, em Belo Horizonte. Precisa de uma vitória simples. Empates em um e dois gols favorecem o time mineiro. Os gols palmeirenses foram marcados pelos atacantes Dudu Rodrigues (2) e Willian Siqueira. O público foi de 32.067 pagantes e a renda, R$ 2 milhões.

Ficha Técnica
LOCAL: Estádio Palestra Itália, em São Paulo.
DATA: 28/06/2017 — HORÁRIO: 21h45.
ÁRBITRO: Jailson Macedo Freitas (Bahia).
ASSISTENTE 1: Alessandro Rocha de Matos (Bahia).
ASSISTENTE 2: Elicardos Franco de Oliveira (Bahia).
GOLS DO PALMEIRAS: Dudu (51 e 61 minutos) e Willian (65).
GOLS DO CRUZEIRO: Thiago Neves (6), Robinho (19) e Alisson (30).
CARTÕES AMARELOS: Fernando Prass, Thiago Santos e Willian (PAL).
CARTÕES AMARELOS: Ábila, Hudson e Rafael Sóbis (CRU).
PÚBLICO PAGANTE: 32.067 — RENDA: R$ 1.996.242,72.

mascote3Sociedade Esportiva Palmeiras
GOLEIRO: Fernando Prass. LATERAIS: Fabiano Leismann — Zé Roberto Silva. ZAGUEIROS: Eduardo “Edu Dracena” Souza — Yerry Mina. MEIAS DEFENSIVOS: Thiago Santos — Danilo “Tchê Tchê” Neves. MEIAS ARMADORES: Alejandro Guerra — Eduardo “Dudu” Rodrigues. ATACANTES: Roger Guedes — Willian Siqueira. ENTRARAM: Egídio Pereira (Fabiano) — Marcos “Keno” França (Guedes) — Miguel Borja (Guerra). TÉCNICO: Alexi “Cuca” Stival.

cruzeiro-mascote1Esporte Clube Cruzeiro
GOLEIRO: Fábio Maciel. LATERAIS: Ezequel Biazi — Diogo Barbosa. ZAGUEIROS: Leonardo “Léo” Lacerda — Luís “Caicedo” Medina. MEIAS DEFENSIVOS: Ariel Cabral — Lucas Romero. MEIAS ARMADORES: Robson “Robinho” Signorini — Thiago Neves. ATACANTES: Rafael Sóbis — Alisson Castro. ENTRARAM: Henrique Lima (Ariel) — Hudson Santos (Romero) — Ramón Ábila (Robinho). TÉCNICO: Luiz Antônio “Mano” Menezes.

20170531 internacional1Apanhou, mas se classificou

31/05/2017 — O regulamento da Copa do Brasil favoreceu a equipe do Palmeiras. Embora tenha perdido para o Internacional, em Porto Alegre, por DOIS a UM, o alviverde se classificou para as quartas-de-final do certame. O que ajudou foi o gol fora de casa, critério de desempate para o caso da igualdade de pontos. O primeiro gol dos gaúchos saiu logo aos oito minutos do primeiro tempo. Os colorados continuaram dominando a partida, fazendo o segundo gol, aos dez da etapa final. No sufoco, o “verdão” teve de ir pra cima, conseguindo o gol salvador aos 34, através do Thiago Santos. A baixa palmeirense foi o Dudu Rodrigues, que, por causa de contusão, ele foi substituído. Tornou-se problema para a rodada seguinte do Campeonato Brasileiro.

20170531 internacionalFicha Técnica
LOCAL
: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
DATA
: 31 de maio de 2017, domingo
HORÁRIO
: 21h45 (de Brasília)
ÁRBITRO
: Ricardo Marques Ribeira (MG)
ASSISTENTES
: Márcio Eustáquio Santiago e Pablo Almeida da Costa (ambos de MG)
CARTÕES AMARELOS
: Léo Ortiz e Danielo Silva (SCI); Edu Dracena, Felipe Melo, Miguel Borja, Fernando Prass e Erik (SEP)
GOLS
: D’Alessandro, aos oito minutos, e Nico López, aos 55 (SCI); Thiago Santos, aos 79 (SEP)

Equipes
INTERNACIONAL PALMEIRAS
GOLEIRO: Danilo Fernandes Fernando Prass
LATERAIS: William Furtado — Uenden Gonçalves Fabiano Leismann — Zé Roberto Silva
ZAGUEIROS: Leonardo “Léo” Ortiz — Victor Cuesta Yerry Mina — Eduardo “Edu Dracena” Souza
MEIAS-DEFENSIVOS: Rodrigo Dourado — Felipe Gutiérrez Felipe Melo — Danilo “Tchê Tchê” Neves

MEIAS-ARMADORES: Edenílson Santos — Andrés D´Alessandro

Jean Moreira — Eduardo “Dudu” Rodrigues
ATACANTES: Marcelo Cirino — Nicolas “Nico” López Roger Guedes — Willian Siqueira
ENTRARAM: Danilo Silva (Willian)
— Brenner Oliveira (Felipe) — Eduardo Sacha (Cirino)
Thiago Santos (Dracena) — Miguel Borja
(Roger Guedes) — Marcos Keno (Dudu)
TÉCNICO: Odair Hellmann (interino) Alexi “Cuca” Stival

Palmeiras 1 x 0 Internacional

17/05/2015 — Pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, o Palmeiras, deu um passo importante para a classificação. Venceu o Internacional por UM a ZERO, no Palestra Itália. Para a segunda partida, a ser realizada no dia 31, em Porto Alegre, leva a vantagem do empate. No jogo, o gol palmeirense aconteceu aos 32 minutos do primeito tempo. O zagueiro colorado Léo Ortiz tentou cortar um cruzamento e mandou a bola para as suas próprias redes. Depois disso, o alviverde criou inúmeras chances para ampliar, mas seus atacantes não tiveram a competência necessária para converter. O árbitro Sandro Meira Ricci advertiu com o cartão amarelo o atacante Erik Lima. O boletim financeiro indica que 31.463 torcedores pagaram ingresso para ver a partida, propicianto a arrecadação de R$ 1,8 milhão.

20170514 vasco1Sociedade Esportiva Palmeiras
GOLEIRO: Fernando Prass
LATERAIS: Jean Moreira e José “Zé Roberto” Silva
ZAGUEIROS: Eduardo “Edu Dracena” Souza e Yerry Mina
MEIAS DEFENSIVOS: Felipe Melo Carvalho e Danilo “Tchê Tchê” Neves
MEIAS ARMADORES: Alejandro Guerra Morales e Eduardo “Dudu” Rodrigues
ATACANTES: Willian Siqueira e Miguel Borja
ENTROU: Erik Lima (Guerra)
ENTROU: Fabiano Leismann (Willian)
ENTROU: Roger Guedes (Dudu)
TÉCNICO: Alexis “Cuca” Stival

20170517 internacional1O Nome do Jogo
LÉO ORTIZ
. Leonardo Rech Ortiz nasceu no dia 03 de janeiro de 1996, na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. No jogo, ele estava marcando o centroavante Miguel Borja quando uma bola, cruzada da direita, atravessou a área. Para não deixar o palmeirense chegar, tentou cortar o cruzamento. Foi infeliz, porém, fazendo o gol contra que deu a vitória ao adversário. Foi “perdoado” pelo treinador do time. Antônio Carlos Zago, que também foi zagueiro, disse que o seu jogador não tinha muito o que fazer, em vista da velocidade do lance. O Léo começou a jogar nas categorias de base do Internacional. Foi relacionado para o time principal em 2016. Em 2017, assumiu o posto de titular. Neste ano, até o dia 17/05/2017, já ha havia disputado 18 partidas, sendo uma pela Série B do Campeonato Brasileiro, cinco pela Copa do Brasil e 12 pelo Campeonato Gaúcho.


A campanha do Palmeiras na Taça Libertadores da América de 2017

20160320 audaxO Palmeiras Na Libertadores 2017

09/08/2017 — A Sociedade Esportiva Palmeiras disputou oito jogos na Taça Libertadores da América de 2017. Na fase de grupos, estreou na Argentina, no dia 07 de março, arrancando um empate (um a um) do Atlético Tucumán. Com quatro vitórias, um empate e uma derrota, classificou-se para as oitavas-de-final. Enfrentou, nessa fase, a equipe do Barcelona, do Equador. Perdeu o primeiro jogo (um a zero) no campo do adversário e ganhou a segunda partida, em casa, pelo mesmo placar. Na cobrança de pênaltis, porém, o time foi eliminado da competição, perdendo por CINCO a QUATRO. Dos 24 pontos disputados, ganhou 16, um aproveitamento de 66,7%.

Nas oito partidas realizadas, a equipe marcou 14 gols e a defesa sofreu 11, restando um saldo positivo de três. O artilheiro no certame foi o centroavante Willian Siqueira, com quatro gols. No segundo lugar ficou o zagueiro Yerry Mina, com três gols. O Alejandro Guerra, o Dudu Rodrigues, o Fabiano Leismann, o Marcos Keno, o Moisés Magalhães e o Zé Robrto marcaram um gol cada um. Em termos disciplinares, o único cartão vermelho registrado foi para o Dudu Rodrigues, no jogo contra o Peñarol, no dia 11 de abril. A equipe recebeu, no total, 13 cartões amarelos. Até o jogo contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, no dia 02 de maio, o time foi dirigido pelo técnico Eduardo Baptista. Depois disso, entrou o técnico Alexi “Cuca” Stival”. No total dos quatro jogos feitos em casa, o público pagante foi de 153.130, o que propiciou a renda total de R$ 11.251.135,04.

campanha-rec1
DATA

MANDANTE

RES VISITANTE
07/03/2017

Atlético Tucumán

1 x 1

Palmeiras
15/03/2017

Palmeiras

1 x 0

Jorge Wilstermann
11/04/2017

Palmeiras

3 x 2

Peñarol
26/04/2017

Peñarol

2 x 3

Palmeiras
02/05/2017

Jorge Wilstermann

3 x 2

Palmeiras
24/05/2017

Palmeiras

3 x 1

Atlético Tucumán
05/07/2017

Barcelona

1 x 0

Palmeiras
09/08/2017

Palmeiras

1 x 0

Barcelona

 


O Palmeiras ganhou do São Bernardo, mas ficou devendo muito na parte técnica

20170216 sao-bernardoPalmeiras 2 x 0 São Bernardo

15/02/2017 — Nem a volta do Moisés Magalhães à meia-cancha foi o bastante para fazer o Palmeiras deslanchar na terceira rodada do Campeonato Paulista. Embora tenha vencido o São Bernardo Futebol Clube por dois a zero, a equipe mostrou os mesmos erros dos jogos anteriores: falta de criatividade dos homens do meio-campo e incrível dificuldade de furar as retrancas adversárias. No primeiro tempo, inclusive, foi o time do ABC que levou mais perigo à meta do “verdão”. Depois de muita dificuldade, o primeiro gol só saiu aos 20 minutos do segundo tempo e o segundo, aos 31. Com a vitória, o Palmeiras assumiu a liderança do Grupo C, com seis pontos. Foi beneficiado com o empate do Santo André com o Red Bull Brasil. O próximo compromisso será no dia 19/02/2017 contra o Linense.

20170216 sao-bernardoFicha Técnica
LOCAL: Arena Palmeiras (São Paulo)
DATA: 15 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 19h30
PÚBLICO: 23.708 pagantes
RENDA: 1.238.229,74 (reais)
ÁRBITRO: José Claudio Rocha Filho
ASSISTENTE 1: Daniel Luis Marques
ASSISTENTE 2: Evandro de Melo Lima
CARTÕES AMARELOS (SEP): Willian e Keno
CARTÕES AMARELOS (SBFC): Vinícius Kiss, Geandro e Marcinho
GOLs: Dudu (65) e Jean (76)
PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean Moreira, Eduardo “Edu Dracena” Souza, Vítor Hugo Souza e José “Zé Roberto” Silva; Felipe Melo Carvalho, Moisés Magalhães (Marcos “Keno” França) e Alejandro Guerra Morales (Raphael Veiga); Eduardo “Dudu” Rodrigues, Roger Guedes (Michel Bastos) e Willian Siqueira. TÉCNICO: Eduardo Alexandre Baptista.

20160917 corinthiansO Nome Do Jogo
MOISÉS LIMA MAGALHÃES
— Estreou no Paulistão 2017 na terceira rodada, depois de ficar fora dos dois primeiros jogos, pois estava se recuperando fisicamente. Deu maior consistência à meia-cancha palmeirense e recuperou uma jogada importante para o time: o lançamento lateral, com as mãos, para dentro da área do adversário. Do time de 2016, é considerado um dos intocáveis. O jogador nasceu no dia 17 de março de 1988, na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Rodou bastante desde que se profissionalizou no América Mineiro em 2007. Foi contratado pelo Palmeiras em 2016, depois de jogar a temporada 2014-2015 no Klub Rijeka, do Japão. Destaque do alviverne no título brasileiro de 2016, integrou a seleção dos melhores do ano, numa votação feita pela Confederaçao Brasileira de Futebol.


Novo Palmeiras começou a mostrar a sua cara contra o Linense: 4 x 0

20170219 linense1Linense 0 x 2 Palmeiras

19/02/2017 — Velocidade nos contra-ataques, tabelas curtas, lances de profundidade. No jogo contra o Clube Atlético Linense, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras mostrou isso e muito mais. Embora ainda tenha jogado sem o “motorzinhoTchê Tchê, em recuperação de uma contusão, o “verdão” entrou modificado para a partida. No lugar do Roger Guedes, o Michel Bastos, e no lugar do Alejando Guerra, o Raphael Veiga. E foram justamente esses dois que deram combustível ao time. A saída do Moisés Malhagães ainda no primeiro tempo por causa de uma torsão no joelho não mudou as coisas. O treinador colocou o Marcos Keno na direita e recuou o Michel Bastos para o meio. A mudança funcionou muito bem. O resultado de quatro a zero não deixa espaço para dúvidas.

20170219 linense1Ficha Técnica
LOCAL: Arena Fonte Luminsa (Araraquara)
DATA: 19 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 17 horas
PÚBLICO: 10.208 pagantes
RENDA: 626.090,00 (reais)

ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira
ASSISTENTE 1: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
ASSISTENTE 2: Gustavo Rodrigues de Oliveira
CARTÕES AMARELOS (CAL): Caíque Oliveira e Zé Antônio
CARTÕES AMARELOS (SEP): Lucas Barrios e Yerry Mina
GOLS: Willian Siqueira (23) — Raphael Veiga (26) — Michel Bastos (53) — Lucas Barrios (81)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean Moreira, Yerry Mina Gonzalez, Vítor Hugo Souza e Egídio Pereira; Felipe Melo Carvalho (Thiago Santos), Moisés Magalhães (Marcos “Keno” França) e Raphael Veiga; Michel Bastos, Eduardo “Dudu” Rodrigues e Willian Siqueira (Lucas Barrios). TÉCNICO: Eduardo Alexandre Baptista.

20170219 linense1Michel Bastos, O Nome Do Jogo
MICHEL FERNANDES BASTOS
— Pela primeira vez desde que chegou ao Palmeiras, começou como titular. Primeiramente, foi escalado no lugar do Roger Guedes para atuar mais à direita, com vistar a dar suporte às descidas do lateral Jean Moreira. Ainda no primeiro tempo, porém, com a saída, por contusão, do Moisés Magalhães, foi recuado para o meio-campo. Embora não tenha aparecido muito para a torcida, tornou-se peça importante nas arrancadas de contra-ataque. Como prêmio pela bela atuação, fez um gol e foi muito aplaudido pela torcida. Michel Bastos nasceu no dia 02 de agosto de 1983, na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul. O auge da carreira foi entre 2009 e 2010, quando integrou a seleção brasileira. Em clubes, já jogou 525 veze e marcou 116 gols (22,1% de aproveitamento).


Na estreia do Paulistão, o Palmeiras ganhou, mas levou sufoco do Botafogo de Ribeirão

20170205 botafogospPalmeiras 1 x 0 Botafogo

05/06/2017 — A Sociedade Esportiva Palmeiras estreou no Campeonato Paulista num difícil confronto com o Botafogo de Ribeirão Preto. Venceu a partida com o resultado de um a zero, mas a equipe do interior deu muito trabalho, principalmente no primeiro tempo. O gol palmeirense saiu ao um minuto do segundo tempo, através do meia-armador Danilo Tchê Tchê. No decorrer da segunda etapa, o time de Ribeirão Preto esteve muito mais perto do empate do que o “verdão” do segundo gol. O goleiro Fernando Pras, foi muito exigido. De modo geral, a crítica esportiva não gostou da atuação do time paulistano. Com a vitória, o Palmeiras se colocou na vice-liderança do Grupo B, com três pontos. É a mesma pontuação do Novorizontino. Perde, porém, no critério do número de gols marcados: 1 x 3.

porco-bravo1Ficha Técnica
LOCAL: Arena Palmeiras (São Paulo)
DATA: 05 de fevereiro (domingo)
HORÁRIO: 17 horas
ÁRBITRO: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
AUXILIAR 1: Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
AUXILIAR 2: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
CARTÕES AMARELOS (SEP): Tchê Tchê
CARTÕES AMARELOS (BFC): Matheus Mancini, Samuel Santos, Diego Pituca, Rafael Bastos
GOL: Tchê Tchê (01)
PÚBLICO PAGANTE: 24.947
RENDA: 1.472.194,47
PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean Moreira, Eduardo “Edu Dracena” Souza, Vítor Hugo Souza e Zé Roberto Silva; Felipe Melo; Roger Guedes, Danilo Tchê Tchê (Thiago Santos), Raphael Veiga (Michel Bastos) e Eduardo “Dudu”; Willian Siqueira (Alecsandro Felisbino). TÉCNICO: Eduardo Alexandre Baptista.

20160831 botafogo-pbO Nome Do Jogo
DANILO DAS NEVES PINHEIRO
(Tchê Tchê) marcou o único gol da partida e foi muito importante na criação de jogadas no meio-campo palmeirense. Bastante rápido nas suas movimentações, o jogador abriu boas chances para os seus companheiros atacantes. Perto do fim, por causa de uma entrada violenta, teve de sair. Danilo começou a jogar em 2006 nas categorias de base do clube Pão de Açucar. Com a transformação desse clube no Grêmio Audax, continuou na equipe. Passou pela Esportiva Guaratinguetá (2014), pela Ponte Preta e pelo Boa Esporte, de Minas Gerais (2015), e voltou para o Audax em 2016. Neste ano, se destacou no Campeonato Paulista. Por isso, foi contratado, passando a titular absoluto do verdão. Ele nasceu no dia 30 de agosto de 1992, na cidade de São Paulo.


Sub-categorias


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados