banner-topo

Santos vence o The Strongest e assume a liderança do Grupo 2 da Libertadores

20170316 strongest1Santos 2 x 0 The Strongest

16/02/2017 — Após cinco anos, a Vila Belmiro voltou a ser palco duma partida pela Libertadores da América. Empurrado pela torcida, o Santos Futebol Clube ganhou do The Strongest, da Bolívia, por dois a zero. Os gols foram marcados pelo centroavante Ricardo Oliviera, aos 46 minutos do primeiro tempo, e pelo meia-defensivo Renato Florêncio, aos 36 da etapa final. Pelo volume de jogo, o resultado poderia ter sido muito mais elástico. Infelizmente, os atacantes santistas perderam inúmeras oportunidades de gol. O árbitro da partida não teve problemas disciplinares com os santistas, mas exulsou de campo o boliviano Walter Veizaga. O boletim financeiro indica que 13.132 torcedores pagaram ingresso para ver a partida, propiciando a arrecadação de 381.290,00.

20170316 strongest1Santos Futebol Clube
GOLEIRO: Vladimir Araújo
LATERAIS: Victor Ferraz Macedo e José Carlos “Zeca” Gracco
ZAGUEIROS: David Braz Oliveira e Lucas Veríssimo Silva
MEIAS DEFENSIVOS: Renato Florêncio e Thiago Maia Alencar
MEIAS ARMADORES: Lucas Lima e Vítor Bueno
ATACANTES: Bruno Henrique Pinto e Ricardo Oliveira
ENTROU: Jonathan Copete Valência (Bruno Henrique)
ENTROU: Leandro Donizete Silva (Renato)
ENTROU: Vladimir Hernández Rivero (Vítor Bueno)
TÉCNICO: Dorival Silvestre Júnior

mascote4Classificação Do Grupo 2
01 — SANTOS: 04 pontos (66,7%)
02 — SANTA FÉ: 03 pontos (50%)
03 — THE STRONGEST: 03 pontos (50%)
04 — SPORTING CRISTAL: 01 ponto (16,7%)

Jogos Do Grupo 2
19/04/2017 — SANTA FÉ x SANTOS
04/05/2017 — SANTOS x SANTA FÉ
18/05/2017 — THE STRONGEST x SANTOS
23/05/2017 — SANTOS x SPORTING CRISTAL

thiago-maia15aSporting Cristal 1 x 1 Santos
09/02/2017 — O Santos Futebol Clube, mesmo não jogando uma boa partida, fez o bastante para arrancar um empate (um a um) em sua estreia na Taça Libetadores da América contra o Sporting Cristal. O time peruano, jogando em casa, pressionou muito e marcou o seu gol aos treze minutos do primeiro tempo. Logo, porém, os santistas igualaram as coisas e conseguiram o empate aos 21, através do meia-defensivo Thiago Maia. A volta do meia-armador Lucas Lima, do meia-defensivo Renato Florêncio e do centroavante Ricardo Oliveira contribuiu muito para esse resultado importante fora de casa. O árbitro José Argote (Colômbia) advertiu com o cartão amarelo o zagueiro Cléber Reis pela prática de jogo violento. O público e a renda não foram divulgados.


Pela quarta rodada do Paulistão, o Santos voltou a perder na Vila Belmiro

mascote2Santos 0 x 1 Ferroviária

18/02/2017 — O sinal de alerta foi ligado na Vila Belmiro. Com um começo arrasador nas duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o Santos Futebol Clube, zonzo com a derrota para o São Paulo (1 x 3), voltou a perder em casa. Desta vez, pela quarta rodada, para a Ferroviária, que, até então, não vinha bem das pernas. Mesmo com a volta do artilheiro Ricardo Oliveira e com a estreia do zagueiro Cléber Reis, o “peixe” não conseguiu se encontrar em campo. Sem a presença do meia Lucas Lima, a equipe se perdeu no setor de armação. O gol da vitória da Ferroviária saiu aos 28 minutos do segundo tempo. Essa segunda derrota consecutiva confundiu a cabeça dos santistas. Levou o time para o terceiro lugar no Grupo D, com seis pontos, atrás da Ponte Preta (07) e do Mirassol (10).

20160727 gama1Ficha Técnica
LOCAL: Estádio da Vila Belmiro (Santos)
DATA: 18 de fevereiro de 2017 — HORÁRIO: 19h30
PÚBLICO PAGANTE: 5.655 — RENDA: 165.565,00

ÁRBITRO: Flavio Rodrigues de Souza
ASSISTENTE 1: Alex Ang Ribeiro
ASSISTENTE 2: Herman Brumel Vani

FALTAS: 14 (Santos) — 12 (Ferroviária)
CARTÕES AMARELOS (SFC): Cléber Reis
CARTÕES AMARELOS (AFE): Matheus SilvaPatrick Marcelino — Willian Cordeiro
GOL (AFE): Leandro Amaro (73 minutos)

SANTOS F. C. — Vladimir Araújo; Victor Ferraz Macedo, Cléber Reis, Yuri Lima e José Carlos “Zeca” Gracco; Leandro Donizete Silva (Arthur Gomes), Thiago Maia Alencar e Léo Cittadini (Bruno Henrique Pinto); Vítor Bueno, Jonathan Copete Valência e Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro Cardoso). TÉCNICO: Dorival Silvestre Júnior.


No primeiro jogo do Paulistão 2017, o Santos aplicou uma goleada ao Linense

20170203 linenseSantos 6 x 2 Linense

03/02/2017 — Na estreia do Campeonato Paulista de 2017, o Santos Futebol Clube goleou o Clube Atlético Linense, na Vila Belmiro, por seis a dois. Os gols santistas foram marcados pelo atacante Rodrigão Santos, aos 12 e aos 14 minutos do primeiro tempo, pelo meia-armador Lucas Lima, aos 13, pelo atacante Arthur Gomes, aos 31, pelo meio-atacante Vítor Bueno, aos 44, e pelo atacante Thiago Ribeiro, aos 47 da etapa complementar. O boletim financeiro indica que 10.567 torcedores pagaram ingresso para ver a partida, propiciando a arrecadação de R$ 294.515,00. Com a vitória, o Santos assumiu a liderança do Grupo D, com três pontos. O grupo conta, ainda, com as equipes do Grêmio Audax, do Mirassol e da Ponte Preta.

Ficha Técnica
LOCAL: Vila Belmiro (Santos)
DATA: 03 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 21 horas
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto
ASSISTENTES: Marcelo Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli
CARTÕES AMARELOS: Thiago Maia (SFC) e Zé Antônio (CAL)
GOLS DO SANTOS: Rodrigão (12 e 14), Lucas Lima (58), Arthur Gomes (76), Vítor Bueno (89) e Thiago Ribeiro (92).
GOLS DO LINENSE: Thiago Santos (53) e Gabrielzinho Soares (79).

20160703 chapecoenseSantos Futebol Clube
GOLEIRO
: Vanderlei Silva. LATERAIS: Victor Ferraz e José Carlos “Zeca” Gracco. ZAGUEIROS: Lucas Veríssimo e Yuri Lima. MEIAS DEFENSIVOS: Renato Florêncio e Thiago Maia (Léo Cittadini). MEIAS-ARMADORES: Lucas Lima e Vítor Bueno. ATACANTES: Jonatan Copete (Thiago Ribeiro) e Rodrigão Santos (Arthur Gomes). TÉCNICO: Dorival Júnior.

O Nome Do Jogo
RODRIGO GOMES DOS SANTOS
(Rodrigão) marcou dois gols na goleada do Santos F. C. sobre o Linense. Ele chegou ao clube em 2016 e já participou de 22 jogos. Marcou oito gols. Nasceu no dia 13 de outubro de 1993, na cidade de Belmonte, Bahia. Começou a carreira profissional no Democrata, da cidade de Governador Valadares, Minas Gerais. Em 2015, foi para o Boa Esporte, pelo qual disputou a Copa do Brasil. No mesmo ano, transferiu-se para o Campinense, de Campina Grande, onde se tornou o artilheiro do Campeonato Alagoano, com 23 gols. É centroavante nato, destro e tem 1m86 de altura.


Depois de muito tempo, o Santos perde na Vila Belmiro para o São Paulo

mascote2Clássico San-São

15/02/2017 — O Santos Futebol Clube, na terceira rodada do Campeonato Paulista, foi surpreendido pelo São Paulo. A equipe vinha de duas vitórias convicentes sobre o C. A. Linense e sobre o Red Bull Brasil. Desta vez, porém, embora tenha marcado primeiro, foi envolvido pelo bem estruturado meio-campo do adversário. A verdade é que os tricolores souberam fechar as descidas dos laterais Victor Ferraz e Zeca Gracco, imprescindíveis para fazer o Lucas Lima e o Vítor Bueno municiar os atacantes. Na frente, o “peixe” ainda sente a falta do artilheiro Ricardo Oliveira. O atacante foi acometido de varíola e ainda está em recuperação. Além disso, o time da Vila Belmiro jogou sem o seu maior esteio: o Renato Florêncio. O Santos tem, agora, 66,7% de aproveitamento. Está no segundo lugar do Grupo B, com seis pontos.

20161117 vitoriaFicha Técnica
LOCAL: Estádio da Vila Belmiro (Santos)
DATA: 15 de fevereiro de 2017 — HORÁRIO: 21h45
PÚBLICO PAGANTE: 11.320 — RENDA: 455.425,00
ÁRBITRO: Vinicius Gonçalves Dias Araujo
ASSISTENTE 1: Anderson José de Moraes Coelho
ASSISTENTE 2: Bruno Salgado Rizo
CARTÕES AMARELOS (SFC): Bruno Henrique, Rodrigão e Zeca
CARTÕES AMARELOS (SPFC): Cícero, Cueva, Thiago Mendes e Neilton
GOL (SFC): Jonathan Copete (10 minutos)
GOLS (SPFC): Christian Cueva (36 minutos) e Luiz Araújo (55 e 72)
SANTOS F. C. — Vladimir Araújo; Victor Ferraz Macedo, Lucas Veríssimo Silva, Yuri Lima e José Carlos “Zeca” Gracco; Leandro Donizete Silva (Bruno Henrique Pinto), Thiago Maia Alencar e Lucas Lima (Thiago Ribeiro Cardoso); Vítor Bueno, Jonathan Copete Valência e Rodrigo “Rodrigão” Santos (Kayke Rodrigues). TÉCNICO: Dorival Silvestre Júnior.

Campanha No Paulistão
Vila Belmiro — Linense: 6 x 2 | Pacaembu — Red Bull Brasil: 3 x 2


O Santos vence o Red Bull Brasil e “embala” no Campeonato Paulista

Red Bull Brasil 2 x 3 santos

12/02/2017 — O Santos Futebol Clube é, de longe, o melhor time neste início do Campeonato Paulista. Na primeira rodada, impôs uma goleada (6 x 2) ao Linense e, agora, na segunda rodada, bateu o Red Bull Brasil, no Pacaembu, por três a dois. Embora haja suspeitas de irregularidade no último gol santista, a verdade é que o “peixe” jogou de acordo para merecer a vitória. Com o resultado, o time da Vila Belmiro foi aos seis pontos no Grupo D. Embora seja a mesma pontuação do Mirassol Futebol Clube, fica à frente do “Leão da Alta Araraquarense” no critério do saldo de gols (5 x 4). O boletim financeiro indica que 20.412 torcedores pagaram ingresso para ver a partida, propiciando a arrecadação de R$ 747.515,00. O próximo compromisso do Santos será no dia 15/02/2017 contra o São Paulo.

20170212 rbbFicha Técnica
LOCAL: Estádio do Pacaembu (São Paulo)
DATA: 12 de fevereiro de 2017
HORÁRIO: 11 horas
ÁRBITRO: Rafael Gomes da Silva
ASSISTENTE 1: Danilo Ricardo Simon
ASSISTENTE 2: Fabricio Porfirio de Moura
CARTÕES AMARELOS (RBB): Fillipe Souto
CARTÕES AMARELOS (SFC): Jonathan Copete e Lucas Veríssimo
GOLS (RBB): Misael (28) e Nixon (81)
GOLS (SFC): Vítor Bueno (15), Rodrigão (48) e Kayke (92)
SANTOS F. C. — Vladimir Araújo; Victor Ferraz Macedo, Lucas Veríssimo Silva, Yuri Lima e José Carlos “Zeca” Gracco; Leandro Donizete Silva (Léo Cittadini), Thiago Maia Alencar e Lucas Lima; Vítor Bueno (Kayke Rodrigues), Jonathan Copete Valência e Rodrigo “Rodrigão” Santos (Bruno Henrique Pinto). TÉCNICO: Dorival Silvestre Júnior.

20170213 assinatura1O Nome Do Jogo
KAYKE MORENO DE ANDRADE RODRIGUES
fez o gol da vitória do Santos Futebol Clube. Entrou no lugar no Vítor Bueno, marcando a sua estreia no time da Vila Belmiro. No gol, os adversários reclamaram que ele teria desviado a bola com o braço, mas o árbitro validou. Nascido no dia 1.º de abril de 1988, na cidade de Basília, iniciou a carreira em 1996 no Centro de Futebol do Zico (Rio de Janeiro). Depois, foi para o Flamengo, onde se profissionalizou em 2006 e ficou até 2009. Passou por pequenos clubes brasileiros até parar, em 2010, no Bollklubben Häcken, da Suécia. Voltou para o Brasil em 2013 para defender o Paraná Clube. Para o Santos veio por empréstimo. O seu passe pertence ao Yokohama F. Marinos, do Japão.


Sub-categorias


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados