Imprimir
Categoria: Clubes Estrangeiros
Acessos: 7235

20190427 espanhol1Espanhol

27/04/2019 — De forma incontestável, com antecipação de três rodadas, o Barcelona conquistou neste sábado (27) o título do Campeonato Espanhol. O craque argentino Lionel Messi, poupado para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa contra o Liverpool, entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória por um a zero sobre o Levante, no Estádio Camp Nou, em Barcelona, que garantiu a 26.ª taça nacional aos catalães. Com a vitória, os catalães foram aos 83 pontos, com 79% de aproveitamento: 25 vitórias e oito empates em 35 partidas. Esse é o vigésimo sexto título nacional do Barcelona, atrás do Real Madrid, que tem 33 títulos.

escudoFUTEBOL CLUBE BARCELONA foi fundado dia 29 de novembro de 1899, tornou-se um símbolo para a região da Catalunha, na Espanha. É o segundo clube mais valioso do mundo, com valor estimado em 3,2 bilhões de dólares. É considerado também o clube que mais tem torcedores no mundo. Além da arrecadação com bilheterias e uma gama diversa de produtos, tem contratos milionários de patrocínio com as Linhas Aéreas do Qatar e com a Nike, a gigante americana de material esportivo.

Esteve no primeiro lugar no ranking da Fifa nos anos de 1997, 2009, 2011 e 2012. Atualmente é o segundo. Pela equipe passaram os melhores jogadores do mundo, com destaque para o Johan Cruyff (1973-1978), o Romário Faria (1993-1994) e o Ronaldo Nazário (1996-1997). Nacionalmente, ganhou 23 vezes o Campeonato Espanhol. Na temporada 2017/2018 foi, surpreendentemente, eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões pela Associação Esportiva Roma, da Itália. Mas tornou-se campeão espanhol pela vigésima quinta vez.

suarez-neymar-messi15aF. C. Barcelona
21/12/2015 — O Futbol Club Barcelona conquistou o título de campeão do Mundial de Clubes de 2015. Jogando no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, o time espanhol bateu o River Plate, da Argentina, por três a zero, com show do trio Messi-Suárez-Neymar. O clube catalão faturou o torneio da Fifa pela terceira vez (2009, 2011 e 2015). Messi marcou um gol, Suárez os outros dois. Neymar deu os passes para o primeiro e o terceiro. Com a vitória em 2015, o Barcelona se isola como o maior vencedor dos mundiais, depois que o torneio passou a ser organizado pela Fifa. O uruguaio Luiz Suárez foi o artilheiro do certame, com cinco gols. De acordo com os dados, 66.853 torcedores pagaram ingresso para ver a partida. O campeão, além do troféu, recebeu US$ 5 milhões (mais de R$ 19 milhões).