Coronavírus

11/08/2020 — O Brasil registrou mais 52.160 casos da COVID-19. De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, a contagem subiu para 3.109.630, acréscimo de 1,71% em relação ao total da segunda-feira (3.057.470). No dia, registraram-se 1.274 mortes, elevando a contagem para 103.026. Houve acréscimo de 1,25% em relação ao dia anterior (101.752). Os dados indicam que 2.243.124 pacientes — 72,1% — recuperaram-se da doença. No Estado de São Paulo, registraram-se 11.147 novos casos no dia, elevando a contagem para 639.562 ou 20,6% dos casos do país. O estado também registrou 420 óbitos nesta terça-feira, elevando a contagem para 25.571 ou 24,8% dos óbitos do país. Em Franca, confirmaram-se mais 58 casos, elevando a contagem para 2.129. Os óbitos na cidade são 51 e os recuperados, 474.

Quarentena
07/08/2020 — Na décima atualização do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e reabertura gradual e faseada da economia, a quarentena foi prorrogada até o dia 23 de agosto. Nove áreas de DRSs (Departamentos Regionais de Saúde) progrediram de fase e estão agora na etapa amarela, menos restritiva em relação às atividades econômicas e à mobilidade social. São elas: Araçatuba, Bauru, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Sorocaba e Taubaté. A medida passou a valer a partir deste sábado (8). Das dezessete áreas de DRSs estabelecidas, apenas Franca e Registro permanecem na etapa vermelha, com restrição total ao atendimento presencial de comércios e serviços não essenciais.

Testes
30/07/2020 — O Estado de São Paulo já realizou mais de 1,7 milhão de exames para diagnóstico do novo coronavírus e ampliou em mais de vinte vezes a produção diária de testes. O balanço apresentado aponta 1.788.185 exames processados até o dia 27. Desse total, 26,7 mil foram realizados em março; 119 mil em abril; 369,1 mil em maio; 691,6 mil em junho. Ainda preliminar, o número de 576,3 mil exames realizados em julho segue a tendência de crescimento, reiterando a expansão da testagem em conformidade com as estratégias do governo. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

Vacina
O governo do Estado de São Paulo arrecadou R$ 96 milhões em doações privadas para a construção de uma fábrica para produção exclusiva da vacina contra a Covid-19. A meta é alcançar R$ 130 milhões para dobrar a atual capacidade do Instituto Butantan, estimada em 120 milhões de doses por ano. O objetivo dessa ação junto aos maiores empresários do estado é garantir a posição do Brasil como produtor e distribuidor da vacina na América do Sul tão logo a testagem indique o sucesso da imunização em humanos. A testagem coordenada pelo Instituto Butantan envolve nove mil profissionais de saúde, que se apresentaram como voluntários a doze centros de pesquisa médica e científica de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal. A conclusão é estimada para o final de outubro ou início de novembro.

Novo secretário
21/07/2020 — O governador João Doria anunciou o médico Jean Gorinchteyn, como novo secretário da saúde. Infectologista do Instituto Emilio Ribas e do Hospital Israelita Albert Einstein, ele substitui o médico José Henrique Germann Ferreira, ocupante do cargo desde o início da atual administração. O Germann deixa a função devido a recomendações médicas. Gorinchteyn é professor de infectologia na Universidade de Mogi das Cruzes, onde se formou há 28 anos. Também é mestre em doenças infecciosas pela coordenação dos institutos de pesquisa da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e fez doutorado em neurologia experimental na Universidade Federal de São Paulo. Desde o ano passado, é embaixador do Instituto Trata Brasil, entidade que apoia as ações pela universalização do saneamento.


 

 

 

 

 


Covid-19

 
BRASIL
3.109.630 casos
103.026 mortes
2.243.124 recuperados
 
SÃO PAULO
0639.562 casos
25.571 mortes
437.647 recuperados

FRANCA
2.129 casos
51 mortes
474 recuperados


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados