banner-topo

Para as montadoras de veículos o primeiro semestre de 2016 foi o pior desde 2006

venda-de-veiculos1Fenabrave

04/07/2016 — A venda de veículos novos no Brasil terminou o primeiro semestre com queda de 25,43% em relação à primeira metade do ano passado, informou a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores. Foram 984.599 unidades vendidas no acumulado de janeiro a junho deste ano, o menor volume para o período desde 2006. O mês de junho também teve seu pior desempenho em dez anos, com 171.792 emplacamentos registrados, um recuo de 19,16% em comparação com junho de 2015. Em relação a maio, no entanto, houve alta de 2,56%, com a ajuda de um dia útil a mais na conta. O segmento de automóveis, que ocupa a maior fatia do mercado, somou 139.559 unidades vendidas em junho, uma retração de 20,37% em comparação com igual mês de 2015, mas um avanço de 1,54% em relação a maio.

A venda de comerciais leves, por sua vez, atingiu 26.851 unidades no sexto mês do ano, uma baixa de 8,52% sobre junho do ano passado, mas alta de 8,62% em comparação com maio. Juntos, os dois segmentos somam 166.410 veículos, uma queda de 18,67% na variação anual, mas crescimento de 2,62% na comparação mensal. No primeiro semestre, registraram-se 851.206 emplacamentos, baixa de 25,09% frente a igual período de 2015. Entre os caminhões, a venda chegou a 4.188 unidades em junho, uma retração de 32,52% em relação a igual mês do ano passado, mas crescimento de 3,15% sobre o volume registrado em maio. No acumulado do ano, a queda é de 31,99%. No caso dos ônibus, foram 1.194 unidades vendidas, uma baixa de 29,93% em comparação com junho de 2015 e queda de 6,72% em relação a maio. O recuo acumulado de janeiro a junho é de 40,72%.

gm-onix 16f1O automóvel mais vendido no mês passado foi o hatch compacto Onix, da General Motors, com 11.566 emplacamentos, seguido pelo rival HB20, da Hyundai, com 9.533 licenciamentos, e o Sandero, da Renault, com vendas de 6.013 unidades. No acumulado do semestre, Onix e HB20 ficaram com a primeira e segunda posições do ranking, respectivamente, com emplacamentos de 68.535 e 55.922 unidades. Na terceira posição ficou o compacto Ka, da Ford, com 34.571 vendas. A previsão da Fenabrave para o ano inteiro é de queda de 9,8% em relação a 2015, quando as vendas atingiram 2,569 milhões de unidades. A estimativa foi revisada no início de maio. A projeção anterior era de contração de 5,8%.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados