Imprimir
Categoria: IPCA 2021
Acessos: 2276

Inflação

26/07/2022 — O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 ficou em 0,13% em julho, 0,56% abaixo da taxa registrada em junho (0,69%) e 0,16% em relação à taxa de julho de 2021 (0,72%). Essa é a menor variação mensal junho de 2020 (0,02%). No ano, o IPCA-15, que mede a inflação oficial dos primeiros 15 dias de cada mês, acumula alta de 5,79%. Nos doze meses terminados em julho, a taxa marca 11,39%, abaixo dos 12,04% registrados nos doze meses anteriores. Houve variações positivas em seis dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE. O maior impacto (0,25%) veio do grupo “alimentação e bebidas”, cuja alta geral registrou  1,16%. A maior variação, porém, aconteceu no grupo de “vestuário”, com alta de 1,39%. No lado das quedas, destacou-se o grupo “transportes”, cujos preços caíram -1,08% nos primeiros 15 dias do mês.

IPCA

09/07/2022 — O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de junho registrou alta de 0,67%. Ficou 0,20% acima da taxa de maio (0,47%) e 0,14% acima da taxa de junho de 2021 (0,53%). No ano, o IPCA acumula alta de 5,49%. Nos últimos doze meses — julho de 2021 a junho de 2022 —, a inflação oficial marca a 11,89%, acima dos 11,73% observados nos doze meses imediatamente anteriores. Todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE tiveram variação positiva em junho. A maior variação aconteceu no grupo “vestuário”, cuja alta carimbou 1,67%. O maior impacto no IPCA do mês, porém, veio do grupo “alimentação e bebidas” (0,80%). Nesse grupo, o vilão foi o leite longa vida, com alta de 10,72%. Depois, vêm o feijão carioca, com alta de 9,74%.

Inflação

SEMESTRE 2022
5,49%

12 MESES
11,89%