IGP-M

30/04/2020 — O Índice Geral de Preços — Mercado desacelerou 0,80% em abril na comparação com março, informou a Fundação Getulio Vargas. Com o resultado, o indicador acumula alta de 2,50% em 2020 e de 6,68% em doze meses. A desaceleração do IGP-M foi puxada pelo arrefecimento do Índice de Preços ao Produtor Amplo. O IPA caiu de 1,76% em março para 1,12% em abril. Mas, no ano, registra alta de 3,23% de 8,54% em doze meses. O IPA engloba os produtos agropecuários e os produtos industriais. Esses grupos desaceleraram 2,85% e 0,49%, respectivamente, em abril. O IGP-M também é composto pelo Índice de Preços ao Consumidor, alta de 0,13% em abril, e pelo Índice Nacional de Custos da Construção, queda de 0,38%. O IGP-M é tradicionalmente usado no reajuste dos contratos de aluguel.

igpm m abril20

Em março
02/04/2020 — O Índice Geral de Preços — Mercado registrou uma inflação de 1,24% em março, depois de ter caído 0,04% em fevereiro, informou a Fundação Getulio Vargas. Com este resultado, a FGV diz que o índice acumula alta de 1,69% no ano e de 6,81% em doze meses. Em março de 2019, o índice registrou 1,26%, com alta de 8,27% em doze meses. O relatório do IGP-M aponta que o resultado de março teve participação forte do Índice de Preços ao Produtor Amplo, com alta de 1,76%. No IPA, o destaque na alta ficou com o grupo de “bens finais”, com variação de 0,77% em março, após registrar queda de 0,19% em fevereiro. Nesse grupo, pesou a alta nos preços dos alimentos processados (1,27%). O IGP-M é tradicionalmente usado para a renovação dos contratos de aluguel.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados