IPCA

12/01/2021 — O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de dezembro subiu 1,35%, 0,46% acima dos 0,89% de novembro. Essa foi a maior variação mensal desde fevereiro de 2003 (1,57%) e o maior índice para um mês de dezembro desde 2002 (2,10%). Em dezembro de 2019, a variação registrou 1,15%. No ano, o IPCA acumula alta de 4,52%, 0,21% acima dos 4,31% registrados em 2019. Essa é a maior taxa acumulada no ano desde dezembro de 2016 (6,29%). Entre os grupos, o “alimentação e bebidas” apresentou a maior variação (14,1%) e o maior impacto (2,73%) sobre o acumulado do ano, encerrando 2020 com a maior variação acumulada desde dezembro de 2002 (19,47%). Por outro lado, especificamente em dezembro, a maior variação aconteceu no grupo “habitação”, com alta geral de 2,88%. Essa alta se deve principalmente ao reajuste da energia elétrica em várias regiões.

IPCA do meio
22/12/2020 — O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 subiu 1,06% em dezembro. Ficou 0,25% acima da taxa de novembro (0,81%). É a maior variação mensal do índice desde junho de 2018 (1,11%), segundo a pesquisa publicada pelo IBGE. O IPCA-15 corresponde à inflação oficial nos quinze primeiros dias de cada mês. No acumulado de 2020, o índice soma 4,23%, bem pouco acima do registrado em 2019, de 4,22%. De 1.º a 15 de dezembro, com exceção do grupo “vestuário”, todos os demais grupos apresentaram alta de preços. O maior impacto veio novamente do grupo “alimentação e bebidas”, com alta geral de dois por cento. Esse grupo encerrou o ano com alta acumulada de 14,3%. Entre os produtos, a batata continuou em dezembro como vilã, com alta de 17,9%. Nos outros grupos, destaque ainda para o “habitação”, cujos preços influenciaram-se pela bandeira tarifária da energia elétrica.

Inflação

12 meses  + 4,52%
Acumulado 2020  + 4,52%

Infação 2020
mês a mês

Janeiro     0,21%
Fevereiro     0,25%
Março     0,07%
Abril     -0,31%
Maio     -0,38%
Junho     0,26%
Julho     0,36%
Agosto     0,24%
Setembro     0,64%
Outubro     0,86%
Novembro     0,89%
Dezembro     1,35%

 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados