automobilistica1Indústria

03/04/2019 — Em fevereiro de 2019, a produção industrial nacional cresceu 0,7% frente a janeiro, eliminando a queda de 0,7% do mês anterior. Os dados são da pesquisa mensal do IBGE. No confronto com fevereiro de 2018, a indústria cresceu 2,0%, interrompendo três meses consecutivos de taxas negativas e acumulando redução de 0,2% em 2019. O acumulado nos últimos doze meses (0,5%) repetiu o resultado anterior, mas permanece em desaceleração desde julho de 2018 (3,3%). No trimestre terminado em fevereiro, a principal influência positiva veio da indústria automobilística, com crescimento de 6,70%. A indústria de combustíveis e a indústria alimentícia cresceram 4,30% e 3,20%, respectivamente. A indústria do vestuário e dos calçados registraram queda de 4,80% em fevereiro.

Indústria & Emprego
28/03/2019 — Entre janeiro e fevereiro, a indústria brasileira criou 68.401 novos postos de trabalho, resultado do confronto entre as 493.297 admissões e 424.896 demissões registradas no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados da Secretaria Nacional do Trabalho. O resultado do primeiro bimestre de 2019 é muito superior ao verificado no mesmo período de 2018, quando a indústria registrou o fechamento de 9.230 vagas. Nos primeiros dois meses do ano, segundo dos dados do CAGED, o subsetor industrial que mais contratou foi o têxtil, com 15.241 novas vagas. O segundo lugar está com o subsetor dos calçados, com 12.689. Dos subsetores pesquisados, apenas o de produtos alimentícios ficou no vermelho no primeiro bimestre, com o fechamento de 11.478 vagas.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados