Construção
cimento1

13/11/2020 — O Índice Nacional da Construção Civil subiu 1,71% em outubro, 0,27% acima da taxa de setembro (1,44%). É também a maior taxa de 2020. A alta ocorreu em todos os estados. Foi influenciada pelo aumento significativo na parcela dos materiais. No ano, o índice acumula alta de 6,13% e, nos últimos doze meses, de 6,48%, resultado bem acima dos 4,89% registrados nos doze meses anteriores. Em outubro de 2019, o índice carimbou 0,19%. O custo por metro quadrado, que em setembro havia fechado em R$ 1.209,02, passou para R$ 1.229,72 em outubro. Desse valor, R$ 666,03 são relativos aos materiais e R$ 644,38 à mão de obra. A parcela dos materiais teve alta significativa em diversos segmentos e subiu 3,17%. A parcela da mão de obra, variou 0,04%. Os acumulados no ano são 9,97% (materiais) e 1,89% (mão de obra).

Em setembro
14/10/2020 — O Índice Nacional da Construção Civil subiu 1,44 % em setembro de 2020, a maior alta desde julho de 2013. Também ficou 0,56% acima da taxa de agosto. No ano, o INCC acumula alta de 4,34% e, nos últimos doze meses, de 4,89%. Esse resultado anual está bem acima dos 3,78% registrados nos doze meses anteriores. Em setembro de 2019 o índice marcou 0,37%. O custo nacional da construção por metro quadrado, que em que em agosto fechou em R$ 1.191,84, passou, em setembro, para R$ 1.209,02. Desse total, R$ 645,56 são relativos aos materiais e R$ 563,46 à mão de obra. A parcela dos materiais com alta em diversos segmentos, subiu 2,55%. A parcela da mão de obra cresceu 0,20% em setembro. O INCC é apurado pelo IBGE junto com a Caixa Econômica Federal.

Construção civil
por metro quadrado

Janeiro 1.162,24
Fevereiro 1.165,13
Março 1.169,15
Abril 1.172,05
Maio 1.174,02
Junho 1.175,62
Julho 1.181,41
Agosto     1.191,84
Setembro     1.209.02
Outubro     1.229,72

 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados