Imprimir
Categoria: Economistas
Acessos: 1664

Paul Baran

PAUL ALEXANDER BARAN nasceu no dia 25 de agosto de 1909, na localidade de Mykolaiv, Ucrânia, então pertencente ao Império Russo. Morreu no dia 26 de março de 1964, na localidade de Palo Alto, Califórnia, Estados Unidos.

Orientado por seu pai, que atuara no movimento socialista, desde estudante se interessou pelos assuntos sociais e políticos. Mas, após a revolução de outubro de 1917, a família se transferiu para a Polônia, adotando a nacionalidade deste país. Em 1926, foi para Moscou, Rússia, onde se inscreveu no Instituto de Economia Plenajov, viajando dois anos depois à Alemanha para trabalhar em pesquisas. Após a ascensão de Adolf Hitler, emigrou para os Estados Unidos, onde se doutorou em filosofia pela Universidade de Harvard, em 1941.

Ingressou, a seguir, no Departamento de Serviços Estratégicos, como especialista em assuntos alemães, soviéticos e poloneses. Trabalhou depois com John Kenneth Galbraith, ocupando sucessivamente vários cargos de instituições governamentais, como especialista em assuntos soviéticos e economia. Durante o movimento que combateu o que dizia ser uma infiltração comunista na administração americana (macarthismo), sofreu uma série de acusações e perseguições. Em 1949, passou a lecionar no Departamento de Economia da Universidade de Stanford. Participou do grupo de economistas marxistas radicados nos Estados Unidos. Deixou obras importantes, dentre as quais se destacam “A Economia Política do Crescimento” (1957) e “Capital Monopolista” (1966).

paul-baran1