Onix Vendas Unidades
onix vendas2018a

19/10/2018 — O faturamento da General Motors com o modelo Chevrolet Onix, nos primeiros nove meses de 2018, chegou a mais de R$ 8 bilhões, de acordo com os números do mercado automobilístico. No período, foram vendidas 146.217 unidades das oito versões disponíveis. O preço médio dessas versões é de R$ 55.270,00. A versão mais cara (R$ 67.250,00) é a 1.4 Activ, com câmbio automático. A versão mais barata (R$ 43.290,00) é a 1.0 Joy, com câmbio manual. No comparativo com o mesmo período de 2017, houve um crescimento de 8,94% nas vendas do Onix. Entre janeiro e setembro do ano passado, quanto também esteve na liderança, os emplacamentos do modelo somaram 134.217 unidades. Em 2018, o segundo lugar em vendas pertence ao modelo HB20, da Hyundai, com 78.757 emplacamentos.

onix2018aVendas do Onix
16.058  JANEIRO
12.797  FEVEREIRO
12.918  MARÇO
16.617  ABRIL
15.015  MAIO
16.218  JUNHO
16.356  JULHO
21.763  AGOSTO
17.981  SETEMBRO

sao caetano fachada1General Motors
25/08/2017 — A General Motors anunciou que vai investir R$ 1,2 bilhão em sua fábrica de veículos de São Caetano do Sul e R$ 1,9 bilhão na unidade de produção de motores instalada em Joinville (Santa Catarina) até 2020. Os valores fazem parte do plano de investimento da companhia norte-americana, de R$ 13 bilhões no país, entre 2014 e 2020. No início do mês, a GM já havia informado que vai investir R$ 1,4 bilhão na fábrica de veículos de Gravataí (Rio Grande do Sul). O novo aporte vai permitir ampliar a linha de produtos da Chevrolet, segundo o comunicado distribuído para a imprensa.

A montadora afirmou que, além de novos produtos, os recursos serão aplicados em tecnologia e sistemas de manufatura, preparando as operações na região, para se tornar uma plataforma de exportação global. A GM está na liderança do ranking de vendas por marca, no acumulado de janeiro a julho no Brasil, com 209,3 mil automóveis e comerciais leves emplacados, um crescimento de 12% sobre o mesmo período do ano passado. O mercado, enquanto isso, teve expansão de 4%. O modelo linha-de-frente na vendas da montadora é o automóvel Onix, primeiro lugar no ranking geral, com 98.469 emplacamentos em 2017. O Prisma, com 37.502 emplacamentos, está no sexto lugar. Nesse segmento, ainda tem o Spin, com 13.269 emplacamentos, o Cobalt (13.248), o Cruze (10.685), o Tracker (5.937) e o Cruze HB (3.901). No segmento dos comerciais leves, a GM tem a S10, com 16.472 emplacamentos e o Montana, com 7.747.

cruze17Chevrolet & Cruze
15/08/2017 — A versão LT do modelo Chevrolet Cruze, da General Motors, ganhou, na linha 2018, repetidor de setas nos retrovisores e ajuste elétrico da altura dos faróis. Com os novos itens, o modelo vai ser comercializado nas concessionárias por R$ 92,9 mil. A alta em relação ao modelo anterior é de R$ 1,1 mil. A opção de topo — o modelo LTZ — não traz novidades, mas também ficou mais cara, segundo apurou o Jornal do Carro, do O Estado de S. Paulo. Agora, esse modelo sai por R$ 104,9 mil. Na linha 2017, o preço foi R$ 102,9 mil. As duas versões têm motor 1.4 turbo de 153 cavalos de força e câmbio automático. Segundo os dados do setor automobilístico, em 2017, até julho, a GM vendeu 10.685 unidades do Cruze. No ranking dos mais vendidos, o modelo ocupa o trigésimo lugar.

trailblazer2018Chevrolet Trailblazer
30/07/2017 — O Chevrolet Trailblazer 2018 turbodiesel está chegando às concessionárias com um mecanismo no conversor de torque que atenua as vibrações e os ruídos gerados pelo motor. Trata-se da mesma novidade presente na picape S10. Batizado de CFA, o dispositivo fica na caixa automática (seis marchas) e gera um movimento contrário ao da rotação da transmissão, o que atenua as vibrações. O Trailblazer é oferecido apenas numa versão de acabamento, LTZ, e com sete lugares. Com motor 2.8 a diesel, custa R$ 205.990. Clique AQUI para ver a matéria completa.

santiago-chamorro 20170314Situação Privilegiada
27/01/2017 — A General Motors promoverá mudanças na sua estrutura regional para a América do Sul ao dividi-la em três unidades de negócio: GM Mercosul, consolidada pelo Brasil e Argentina, GM Andina, com Colômbia, Equador e Venezuela, e por fim, GM Central, reunida pela Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Segundo a empresa, as três unidades continuarão a fazer parte da estrutura da GM América do Sul. No Brasil, a GM foi a montadora que mais vendeu carros para o mercado interno em 2016. Os seis modelos construídos por aqui venderam 338,6 mil unidades. Em termos de exportações, a fábrica de São José dos Campos é a 71.ª no ranking brasileiro, com mais de US$ 100 milhões. A fábrica de Gravataí (SC) ocupa o 93.º lugar e a de São Caetano do Sul, o 122.º


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados