Chevrolet Onix

08/07/2018 — A montadora General Motors virou o primeiro semestre de 2018 na liderança do mercado automobilístico do Brasil. De acordo com os números da Federação Nacional das Concessionárias, a empresa americana emplacou, no período, 205.171 unidades. O modelo mais vendido foi o Chevrolet Onix, com 89.620 unidades, seguido do modelo Chevrolet Prisma, com 82.015 unidades. O Onix é comercializado em cinco versões: Joy, Effect, LTZ MT6, LTZ AT6 e Active. O preço médio dessas versões é de R$ 51,8 mil. Isso quer dizer que, só em relação ao Onix, o faturamento da GM, em 2018, foi em torno de R$ 4,6 bilhões. No ano, o segundo lugar em vendas pertenceu à italiana Fiat, com 192.350 unidades. A medalha de bronze ficou com a alemã Volkswagen, com 157.704 emplacamentos.

onix2018aMovimento GM
1  ONIX    89.620 unidades
2  PRISMA    82.015 unidades
3  TRACKER    13.440 unidades
4  SPIN    9.817 unidades
5  CRUZE    9.705 unidades
6  COBALT    8.809 unidades
7  MONTANA    5.205 unidades

sao caetano fachada1General Motors
25/08/2017 — A General Motors anunciou que vai investir R$ 1,2 bilhão em sua fábrica de veículos de São Caetano do Sul e R$ 1,9 bilhão na unidade de produção de motores instalada em Joinville (Santa Catarina) até 2020. Os valores fazem parte do plano de investimento da companhia norte-americana, de R$ 13 bilhões no país, entre 2014 e 2020. No início do mês, a GM já havia informado que vai investir R$ 1,4 bilhão na fábrica de veículos de Gravataí (Rio Grande do Sul). O novo aporte vai permitir ampliar a linha de produtos da Chevrolet, segundo o comunicado distribuído para a imprensa.

A montadora afirmou que, além de novos produtos, os recursos serão aplicados em tecnologia e sistemas de manufatura, preparando as operações na região, para se tornar uma plataforma de exportação global. A GM está na liderança do ranking de vendas por marca, no acumulado de janeiro a julho no Brasil, com 209,3 mil automóveis e comerciais leves emplacados, um crescimento de 12% sobre o mesmo período do ano passado. O mercado, enquanto isso, teve expansão de 4%. O modelo linha-de-frente na vendas da montadora é o automóvel Onix, primeiro lugar no ranking geral, com 98.469 emplacamentos em 2017. O Prisma, com 37.502 emplacamentos, está no sexto lugar. Nesse segmento, ainda tem o Spin, com 13.269 emplacamentos, o Cobalt (13.248), o Cruze (10.685), o Tracker (5.937) e o Cruze HB (3.901). No segmento dos comerciais leves, a GM tem a S10, com 16.472 emplacamentos e o Montana, com 7.747.

cruze17Chevrolet & Cruze
15/08/2017 — A versão LT do modelo Chevrolet Cruze, da General Motors, ganhou, na linha 2018, repetidor de setas nos retrovisores e ajuste elétrico da altura dos faróis. Com os novos itens, o modelo vai ser comercializado nas concessionárias por R$ 92,9 mil. A alta em relação ao modelo anterior é de R$ 1,1 mil. A opção de topo — o modelo LTZ — não traz novidades, mas também ficou mais cara, segundo apurou o Jornal do Carro, do O Estado de S. Paulo. Agora, esse modelo sai por R$ 104,9 mil. Na linha 2017, o preço foi R$ 102,9 mil. As duas versões têm motor 1.4 turbo de 153 cavalos de força e câmbio automático. Segundo os dados do setor automobilístico, em 2017, até julho, a GM vendeu 10.685 unidades do Cruze. No ranking dos mais vendidos, o modelo ocupa o trigésimo lugar.

trailblazer2018Chevrolet Trailblazer
30/07/2017 — O Chevrolet Trailblazer 2018 turbodiesel está chegando às concessionárias com um mecanismo no conversor de torque que atenua as vibrações e os ruídos gerados pelo motor. Trata-se da mesma novidade presente na picape S10. Batizado de CFA, o dispositivo fica na caixa automática (seis marchas) e gera um movimento contrário ao da rotação da transmissão, o que atenua as vibrações. O Trailblazer é oferecido apenas numa versão de acabamento, LTZ, e com sete lugares. Com motor 2.8 a diesel, custa R$ 205.990. Clique AQUI para ver a matéria completa.

santiago-chamorro 20170314Situação Privilegiada
27/01/2017 — A General Motors promoverá mudanças na sua estrutura regional para a América do Sul ao dividi-la em três unidades de negócio: GM Mercosul, consolidada pelo Brasil e Argentina, GM Andina, com Colômbia, Equador e Venezuela, e por fim, GM Central, reunida pela Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Segundo a empresa, as três unidades continuarão a fazer parte da estrutura da GM América do Sul. No Brasil, a GM foi a montadora que mais vendeu carros para o mercado interno em 2016. Os seis modelos construídos por aqui venderam 338,6 mil unidades. Em termos de exportações, a fábrica de São José dos Campos é a 71.ª no ranking brasileiro, com mais de US$ 100 milhões. A fábrica de Gravataí (SC) ocupa o 93.º lugar e a de São Caetano do Sul, o 122.º


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados