Movimento da Fiat

12/06/2018 — A montadora de veículos Fiat, de origem italiana, virou o mês de maio com 12,76% do mercado nacional, atrás da alemã Volkswagen (14,74%) e da americana General Motors (16,95%). O desempenho se deve muito aos comerciais leves Strada e Toro, que, nos seus segmentos, ficaram no primeiro e no segundo lugar em vendas nos primeiros cinco meses do ano, com 27.038 e 20.562 unidades, respectivamente. Os automóveis Argo e Mobi também não estão fazendo feio em 2018. De janeiro a maio, os modelos venderam, respectivamente, 22.499 e 20.562 unidades, colocando-se no décimo e no décimo primeiro lugar no ranking da federação nacional das concessionárias. O modelo Uno, com apenas 4.384 unidades no período, parece estar com os dias contados. O mesmo se pode dizer dos comerciais leves Fiorino e Ducato.

logo1Fiat & SUVs
04/06/2018 — A Fiat Chrysler planeja fazer um investimento bilionário no Brasil nos próximos anos na fabricação de SUVs, uma categoria de carros cujas vendas crescem seguidamente e que, até agora, tem sido pouco explorada pela montadora. A previsão é de quatro modelos desse tipo. Três serão da própria Fiat e o quarto, da Jeep, sua subsidiária americana. O da Jeep será um veículo de sete lugares, com três fileiras de assento. O modelo será construído na fábrica de Goiânia, onde já são montados os modelos Renegade e Compass. Os outros serão montados na fábrica de Betim, Minas Gerais, onde é feita a pick up Strada, líder de vendas no segmento. Esses planos da Fiat para o Brasil abarca o período até 2022. No anúncio feito na sede da empresa, em Milão, Itália, não foram divulgados os valores a serem investidos.

strada17Fiat + Strada
17/01/2018 — Dos dez carros menos seguros, vendidos no Brasil entre 2016 e 2017, oito pertencem à montadora italiana Fiat. Os dados são do Índice de Segurança, divulgado pelo Centro de Experimentação e Segurança, da consultoria Mapfre Seguros. A consultoria, nos testes de campo, analisou itens necessários para a prevenção de acidentes ou, se no caso desses eventos acontecerem, as medidas do veículo para minimizar, nas colisões, danos aos passageiros e aos pedestres. O campeão em insegurança é o Fiat Strada Hard Working CD. O segundo e o terceiro são seus “irmãosWorking CE e o Working 1.4. Nas lista ainda estão o Fiorino e o Mobi. Os únicos dois “estranhos no ninho” são o Volkswagen Gol Track 1.0 e o Mitsubishi L 200 Triton Sport Diesel. Segundo a federação nacional dos concessionários, o modelo Strada, nas suas versões, foi o comercial leve mais comercializado em 2017: 54.870 unidades.

Fiat Condenada
30/08/2013 — A indústria Fiat de automóveis foi condenada pelo Superior Tribunal de Justiça a indenizar consumidores do Rio Grande do Sul que compraram a primeira versão do Palio Fire 2007. O motivo: prática comercial ilegal e propaganda enganosa. Os ministros decidiram que a empresa não podia ter lançado um Palio Fire em 2007, equipado com novos apetrechos, se, pouco antes, havia colocado no mercado um carro da mesma marca com a especificação “ano 2006, modelo 2007”. O Ministério Público gaúcho entrou com ação coletiva de consumo contra a montadora em favor da turma que comprou a primeira versão do Palio Fire, que oferecia menos itens. O pedido foi negado em primeira instância, mas acabou aceito pelo Tribunal de Justiça e, agora, mantido pelo STJ. Resultado: a Fiat foi condenada a indenizar os consumidores lesados e proibida de se utilizar da mesma estratégia.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados